BeiDou: concorrente chinês do GPS ganha dois novos satélites

BeiDou: concorrente chinês do GPS ganha dois novos satélites

Último Vídeo

A China enviou ao espaço neste mês de dezembro mais dois satélites que integrarão a grande constelação de BeiDou, projeto de sistema de navegação do país e concorrente do GPS norte-americano. Conforme comunicado oficial, os objetos entraram em órbita rapidamente após o lançamento e, agora, vão ser monitorados em testes futuros.

“Os satélites fornecem principalmente a usuários globais recursos de serviços de posicionamento, navegação e cronometragem; bem como a comunicação global de mensagens curtas, busca e resgate internacionais e outros serviços de destaque”, ressaltou o texto.

Envio dos dois últimos satélites previstos para 2019 na missão chinesa. (Fonte: BeiDou Navigation System/Divulgação)

A próxima etapa do cronograma de missões prevê a entrega de mais dois satélites até junho de 2020, totalizando 24 dispositivos no espaço. Embora esteja disponível em parte da China e Oceano Pacífico asiático, o BeiDou entrará em operação de modo global apenas em 2035. Com isso, esse será o terceiro maior sistema de satélite do mundo, após o GPS, dos Estados Unidos, e GLONASS da Rússia.

Apesar do foco inicial em usuários chineses, o governo do país deseja alcançar a independência integral no uso desse tipo de tecnologia e até mesmo lançá-la para territórios internacionais. O plano, porém, pode gerar competição, com potencial de “atrair” mais uma guerra comercial entre a China e os EUA, semelhante ao que temos visto com relação à rede 5G.

BeiDou: concorrente chinês do GPS ganha dois novos satélites via TecMundo

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.