01
Compartilhamento

NASA recupera contato com Voyager 2 a 18,5 bilhões de km da Terra

Na última quarta-feira (5), a NASA anunciou que recuperou o sinal de um dos mais célebres exploradores da história da humanidade, a Voyager 2. O anúncio foi feito no Twitter da própria sonda espacial, que neste momento se encontra a nada mais, nada menos que 18,5 bilhões de quilômetros da Terra, e já retomou sua missão de coletar dados científicos sobre o Sistema Solar e o espaço interestelar para além de suas fronteiras.

A Voyager 2 apresentou problemas de comunicação em 28 de janeiro, quando a NASA revelou que a sonda havia desligado inesperadamente e por razões desconhecidas, o que foi motivo de grande apreensão pela comunidade científica.

O blecaute aconteceu pouco antes de uma manobra de 360 graus agendada para calibração dos instrumentos de bordo, mas a espaçonave não chegou a fazer o movimento. De acordo com o comunicado oficial da NASA, por causa disso, dois de seus sistemas que consomem mais energia estiveram funcionando ao mesmo tempo, o que pode ter acionado o software de proteção, que desativa automaticamente os seus instrumentos científicos quando há uma sobrecarga.

Os cientistas respiraram aliviados quando a ela voltou a funcionar. Sua missão ainda está longe de terminar, uma vez que espera-se que a sonda tenha mais 5 anos de vida útil desbravando o espaço e contribuindo para o progresso da ciência.

Sobre a Voyager 2

A Voyager 2 é uma sonda espacial “irmã” da Voyager 1. Ambas viajam pelo Sistema Solar — e agora além dele — há quatro décadas. Juntas, elas transformaram nossa compreensão de nossa vizinhança estelar e já começaram a revelar informações sem precedentes sobre o espaço interestelar além da esfera de influência do Sol.

Trata-se do objeto artificial terrestre mais distante no espaço. Para se comunicar com a sonda a partir da Terra, são necessárias 17 horas para que a informação chegue ao destino. Isso significa que entre ir e voltar, cada troca de informações leva 34 horas.

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.