Há 50 anos, a Apollo 13 voltava à Terra após acidente no espaço

Há 50 anos, a Apollo 13 voltava à Terra após acidente no espaço

Último Vídeo

No dia 17 de abril de 1970, há exatamente 50 anos, a Apollo 13, missão americana que faria o terceiro pouso que levaria pessoas a pisarem na Lua, retornou à Terra após conseguir evitar um acidente que por muito pouco não matou os três astronautas a bordo.

Os tripulantes da missão, Comandante James A. Lovell, Piloto Comandante John L. "Jack" Swigert e Pilote de Módulo Lunar Fred W. Haise, se aproximavam para o quarto final da sua viagem, há cerca de 282 mil quilômetros da Terra, quando uma explosão no tanque de oxigênio número dois sacudiu a nave, privando-a de oxigênio e energia elétrica.

Sem seus sistemas de propulsão e suporte à vida, a missão foi abortada e o módulo de comando Odyssey teve que ser inteiramente desligado para poupar recursos visando uma possível reentrada na atmosfera terrestre. Os três astronautas tiverar que se refugiar no módulo lunar Aquarius, utilizando seu motor para retornar à Terra, após orbitar a Lua.

No controle da missão, o Manned Spacecraft Center (hoje Johnson Space Center em Houston, Texas), controladores de voo se revezaram dia e noite para assegurar que os astronautas conseguissem voltar em segurança. Ainda assim, como a autonomia do Aquarius era para sustentar duas pessoas por dois dias na Lua, adaptações tiverar que ser feitas.

"Houston, we’ve had a problem"

Lovell, Swigert e Haise passaram por momentos extremos de tensão e privação. A água potável era escassa e a limitação da energia fez com que o interior da cabine se tornasse muito frio e úmido. Para expulsar o dióxido de carbono, foi necessário adaptar os cartuchos do módulo de comando Odyssey para que funcionassem no Aquarius, o que foi feito utilizando-se algumas mangueiras, sacolas de plástico e fita adesiva.

Enquanto Haise e Swigert dormiam, Lovell recebia do controle as instruções para retornar à Terra. Isso incluía carregar duas das três baterias do Odyssey com as do Aquarius, um tipo de "chupeta" espacial. 

Quatro horas antes da aterrissagem, os astronautas voltaram do módulo de serviço para o Odyssey e, felizmente, as baterias funcionaram normalmente.  Os astronautas abandonaram o Aquarius, seu "bote salva-vidas", e retornaram seguros.

O Odyssey amerrissou no Oceano Pacífico às 18h07min UTC do dia 17 de abril de 1970, ao sudoeste das Ilhas Samoa e 6,5 quilômetros da embarcação de resgate, o USS Iwo Jima.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.