Brasil inscreve quase 200 voluntários para testes de coronavírus

Brasil inscreve quase 200 voluntários para testes de coronavírus

Último Vídeo

Quase 200 voluntários brasileiros se inscreveram na plataforma internacional 1 Day Sooner a fim de se infectar com o novo coronavírus e sofrer testes de vacinas que podem ser utilizadas para a fabricação de uma cura definitiva para o vírus. A plataforma, que atualmente já conta com quase 6 mil voluntários de 52 países, está filtrando pessoas que queiram contribuir para solucionar a atual pandemia, que já resulta em mais de 3 milhões de casos confirmados pelo planeta e 211 mil mortes.

Segundo informações divulgadas no site oficial da instituição, a segurança e a eficácia das vacinas precisarão ser provadas antes de serem submetidas aos testes em humanos. Inicialmente, antes dos ensaios clínicos, serão testadas em animais ou in vitro para a avaliação das respostas do sistema imunológico, sendo, consequentemente, levadas a pequenos grupos de voluntários que, gradativamente, darão resultados mais esclarecedores para a equipe de analistas.

A intenção dos pesquisadores que estão à frente do projeto é dividi-lo em quatro etapas de testes em humanos, sugerindo um processo longo, complexo e bastante meticuloso, especialmente pela quantidade de vacinas que já estão sendo produzidas, com 76 medicamentos, segundo dados da Organização Mundial da Saúde, em estágios clínicos e pré-clínicos de desenvolvimento.

(Fonte: 1 Day Sooner/Divulgação)(Fonte: 1 Day Sooner/Divulgação)

Devido à urgência em conter a pandemia e da velocidade de contágio, algo que acelera e preocupa ainda mais as organizações médicas, que correm contra o tempo para combater o vírus, os métodos de fabricação de vacinas podem sugerir, para grupos de risco ou não, consequências inesperadas como "doenças graves e possivelmente até a morte". Porém, a importância de acelerar a descoberta de uma cura torna, segundo Josh Morrison, criador do projeto, os riscos "aceitáveis se forem feitos testes em adultos jovens e saudáveis", com seus devidos cuidados.

Casa haja sucesso nas primeiras etapas e os testes se expandam à utilização em humanos, os voluntários serão selecionados em grupos de faixa etária entre 20 a 45 anos e com boas condições de saúde. Além disso, voluntários que já tenham tido contato com o coronavírus ou tenham condições de vida que requeiram contato em potencial com o vírus estarão separados em ambientes altamente controlados, todos com tratamentos médicos e acompanhamento constante para evitar complicações.

Para conhecer mais sobre o projeto, basta acessar o site oficial do 1 Day Sooner.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.