Seja o primeiro a compartilhar

Múmia de adolescente com mais de 3 mil anos é encontrada no Egito

Arqueólogos espanhóis e egípcios encontraram a múmia de uma adolescente acompanhada de diversas joias antigas na necrópole Draa Abul Naga, no Egito. Junto com ela, diversas joias, incluindo brincos, colares e anéis, enfeitavam seu corpo.

A garota tinha entre 15 e 16 anos quando foi mumificada durante a 17ª Dinastia (entre 1580 e 1550 a.C.). A equipe realizava a escavação perto da tumba do general Djehuty, que serviu ao rei Tutemés III, quando fez a descoberta. Recentemente, 16 túmulos de Sacerdotes egípcios também foram descobertos no país.

As joias da múmia, incluindo colares, brincos e anéis. (Fonte: Egyptian Ministry of Tourism and Antiquities / Reprodução)As joias da múmia, incluindo colares, brincos e anéis. (Fonte: Egyptian Ministry of Tourism and Antiquities / Reprodução)

Medindo 1,60 m de altura, a jovem usava dois brincos na orelha esquerda, dois anéis e quatro colares. Parte dessas joias foi fabricada com materiais de alto valor para a época, enquanto outras são bijuterias de ossos e vidro. Sandálias de couro também foram encontradas junto à garota.

Apesar da preciosidade das pedras, como ametista e cornalina, o sarcófago em si era relativamente modesto, o que surpreendeu os pesquisadores ao encontrar as joias. "As sandálias estão em um bom estado de conservação, apesar de terem 3.600 anos", disse José Manuel Galán, o diretor da missão.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.

Comentários

Você já percebeu que passamos por algumas mudanças por aqui, né? Uma delas é melhorar também o nosso campo de comentários - e nada melhor do que você, nosso leitor, para nos ajudar e garantir que a gente esteja no caminho certo. Substituímos temporariamente nossos comentários por uma pesquisa rápida para implementarmos mais uma melhoria. Como você acredita que nossa interação pode ser mais próxima aqui?

CLIQUE AQUI PARA RESPONDER