Seja o primeiro a compartilhar

Astrônomos avistam planeta que sobreviveu à morte de sua estrela

Estrelas não morrem silenciosamente: explodem espetacularmente em supernovas, viram singularidades ou, como fará o nosso Sol, incham e engolem tudo ao seu redor – ou não. Usando o Transiting Exoplanet Survey Satellite (TESS) da NASA e o aposentado telescópio espacial Spitzer, uma equipe internacional de astrônomos descobriu um planeta que sobreviveu à morte da estrela ao redor da qual orbita.

"O processo de transformação em anã branca destrói planetas próximos, e qualquer coisa que depois chegue muito perto geralmente é dilacerada pela imensa gravidade da estrela. Ainda temos muitas perguntas sobre como o WD 1856 b sobreviveu”, disse o astrônomo Andrew Vanderburg, da Universidade de Wisconsin-Madison, principal autor do estudo publicado na Nature.

A WD 1856 + 534 é o que restou de um sol semelhante ao nosso, mas apenas 40% maior que a Terra; com até dez bilhões de anos, é o membro mais afastado de um sistema estelar triplo. O planeta gigante evolui velozmente ao seu redor a cada 34 horas; para não ter sido engolfado e incinerado, devia estar 50 vezes mais longe de sua localização atual.

“Após o surgimento das anãs brancas, objetos distantes como asteroides são atraídos pela estrela, esmagados e transformados em um disco de detritos. Planetas podem ter o mesmo destino, mas parece ser a primeira vez que vimos um que se aproximou e permaneceu inteiro", disse o astrônomo do Observatório Gemini internacional e coautor do estudo, Siyi Xu.

Esperança para a Terra

Esse não é o primeiro planeta sobrevivente descoberto. Em 2007, uma equipe de astrônomos do Observatório Astronômico de Capodimonte, na Itália, percebeu que a moribunda V 391 Pegasi, na constelação de Pégaso, está sendo acompanhada por um planeta.

Antes mesmo que a estrela se transformasse em uma estrela gigante vermelha, o planeta (um gigante gasoso com 3,2 vezes a massa de Júpiter) estava à mesma distância que separa a Terra do nosso Sol – e, contra todas as previsões feitas pela ciência nesses casos, sobreviveu quando sua estrela se expandiu.

Astrônomos avistam planeta que sobreviveu à morte de sua estrela via TecMundo

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.

Comentários

Você já percebeu que passamos por algumas mudanças por aqui, né? Uma delas é melhorar também o nosso campo de comentários - e nada melhor do que você, nosso leitor, para nos ajudar e garantir que a gente esteja no caminho certo. Substituímos temporariamente nossos comentários por uma pesquisa rápida para implementarmos mais uma melhoria. Como você acredita que nossa interação pode ser mais próxima aqui?

CLIQUE AQUI PARA RESPONDER