Seja o primeiro a compartilhar

Templo pagão nórdico de 1,2 mil anos é descoberto na Noruega

Um templo pagão de aproximadamente 1,2 mil anos de idade foi descoberto recentemente na Noruega. A grande estrutura é uma rara relíquia da religião Viking antes do Cristianismo tomar conta da região escandinava.

Segundo os arqueólogos do Museu de Bergen, o robusto edifício de madeira possui 14 metros de comprimento, 8 metros de largura e 12 metros de altura. A estimativa é de que construção seja proveniente do final do século VIII e era utilizada para a prática de rituais e sacrifícios aos deuses nórdicos, como Thor e Odin, durante os solstícios de inverno e verão.

O paganismo nórdico

(Fonte: University Museum of Bergen)
(Fonte: University Museum of Bergen)

Em meados do século IX, as religiões nórdicas começaram a se tornar populares e temidas pelo mundo. Nesse período, os guerreiros Vikings começavam a negociar, saquear e colonizar outros territórios pela Europa, Islândia, Groenlândia e Canadá e também passavam a disseminar a religião pagã por essas terras.

Em entrevista para o portal Live Science, o arqueólogo do Museu de Bergen Søren Diinhoff afirmou que o templo encontrado na Noruega é o primeiro com inscrições na língua nórdica antiga já documentado pela história.

De acordo com Diinhoff, já existia uma clara concepção de que os templos nórdicos ocuparam boa parte dos territórios da Suécia e da Dinamarca, mas a nova descoberta demonstra que a cultura viking também esteve presente no território norueguês.

Casa dos deuses

(Fonte: University Museum of Bergen)
(Fonte: University Museum of Bergen)

As escavações feitas nas remediações do vilarejo de Ose, no oeste da Noruega, também descobriram um antigo território agrícola próximo a “Cada dos deuses” — como eram chamados os enormes templos durante o século VI.

A área data para 2,5 mil anos atrás e, provavelmente, pertencia a fazenda de uma família na região. Com o passar dos anos, é provável que famílias mais ricas da sociedade escandinava tenham tomado posse do terreno e feito a homenagem aos deuses nórdicos.

Posteriormente, esse grupos de elite passaram a negociar com o Império Romano e tribos germânicas do norte europeu, o que resultou em uma enorme transformação na religião local.

Inspirados pela metodologia cristã, o paganismo nórdico passou a ser mais ideológico e organizado. As enormes torres das basílicas romanas também fizeram com que as casas dos deuses ganhassem uma nova padronagem de construção mais parecida com os templos de territórios ao sul da Europa.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.