Seja o primeiro a compartilhar

Íbexes, as 'cabras' que desafiam a gravidade em busca de sal

O íbex (Capra ibex) é um tipo de herbívoro que vive em estado selvagem nas regiões montanhosas dos Alpes europeus. Os íbexes se parecem muito com as cabras-monteses, e usam os seus cascos em forma de pinça para conseguir escalar, de forma ágil, os penhascos mais íngremes para fugir dos predadores. 

Há alguns anos, fotos e vídeos desses animais escalando os paredões verticais de uma barragem em Cingino, na Itália, viralizaram na internet e transformaram o local, localizado na região de Piemonte, numa atração turística.   

Fonte: Don Vanlerbergh/Facebook/Reprdução
Fonte: Don Vanlerbergh/Facebook/Reprdução

Vendo as imagens e assistindo aos vídeos no YouTube, é possível entender a fascinação mostrada por milhões de pessoas no mundo inteiro. Parece que o íbex consegue agarrar qualquer pedacinho de rocha, por menor que seja, para escalar paredões de 50 metros de altura para atingir o seu rico objetivo: um pouco de sal.

O que os íbexes buscam?

O sal é praticamente inexistente na dieta herbívora desses caprinos, mas eles precisam muito dele em sua fisiologia. A calcificação dos ossos, o sistema nervoso e os músculos dependem do mineral, e os íbexes são capazes até de desafiar a gravidade para obtê-lo.

Por exemplo, é muito comum encontrar íbexes no meio das estradas durante o início da primavera europeia, onde descem apenas para lamber os sais anticongelantes que permanecem nas pistas após o derretimento do gelo. Mas, muitas vezes, obter esse sal tão necessário demanda esforços ainda mais difíceis.

Fonte: Nature Love/Facebook/Reprodução
Fonte: Nature Love/Facebook/Reprodução

Uma fonte abundante de um desses sais, a etringita, é encontrada bem no alto das paredes de represas como a de Cingino. Chamado de sal de Candlot, esse composto é um sulfato de cálcio e cálcio hidratado, que se forma a partir da hidratação do cimento Portland. É um nutriente muito valioso que os íbexes conseguem detectar à distância.

O mais curioso é que, embora se diga que os íbexes sejam exímios escaladores, nem todos os integrante do rebanho participam das subidas “impossíveis”. Os machos, que chegam a pesar 100 kg e têm grandes chifres, não conseguem se equilibrar, o que faz com que apenas as fêmeas e os filhotes participem daquelas famosas escaladas na represa de Cingino.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.