Crianças com autocontrole se tornam adultos mais saudáveis

Último Vídeo

O segredo para uma vida adulta saudável é o autocontrole, é o que diz um estudo publicado na Proceedings of the National Academy of Sciences. Segundo o documento, pessoas que foram crianças com maior habilidade de controlar emoções, pensamentos e comportamentos tendem a envelhecer de maneira mais devagar que o restante da sociedade.

Para chegar a tal conclusão, o estudo liderado pela professora-assistente da Universidade de Michigan, nos Estados Unidos, Leah Richmond-Rakerd analisou mais de 1 mil adultos com 45 anos de idade nascidos na Nova Zelândia. Conforme a conclusão chegada pelos pesquisadores, crianças autocentradas desenvolveram-se em adultos com cérebros mais jovens e saudáveis que os demais.

A ligação entre autocontrole e saúde

(Fonte: Pixabay)
(Fonte: Pixabay)

De acordo com os pesquisadores, o autocontrole é uma característica essencial para deixar uma criança pronta para o colégio, assim como também prepara os adultos para a vida. Durante a fase de entrevista da pesquisa, o grupo com maior autodisciplina também mostrou-se mais capaz de lidar com desafios de saúde, financeiros e sociais de suas jornadas. 

Além dos bons desempenhos na fase de entrevistas estruturadas e análise financeira de crédito, o grupo de alto autocontrole na infância também expressou opiniões mais positivas sobre o envelhecimento e mostraram-se mais satisfeitos com a meia-idade.

Na visão de Richmond-Rakerd, a cada ano a população mundial envelhece e passam mais tempo vivendo com doenças relacionadas a idade. “É importante identificar maneiras de ajudar as pessoas a se prepararem com sucesso para os desafios da velhice e viver mais anos livres de deficiências. Descobrimos que o autocontrole no início da vida pode ajudar a prepará-los para um envelhecimento saudável”, destacou.

Autocontrole e segurança financeira

(Fonte: Pixabay)
(Fonte: Pixabay)

Apesar do autocontrole ser uma característica importante para o envelhecimento, o estudo mostrou que a maior parte das crianças com essas habilidades pessoais costumam vir de famílias financeiramente estáveis. Entretanto, os pesquisadores acreditam que a disparidade social não necessariamente precisa ser um grande fator para o futuro.

Mesmo que as condições de infância não sejam as mesmas para todos, alguns dos adultos participantes do experimento mudaram seus níveis de autocontrole ao envelhecerem e apresentaram melhores condições de saúde do que suas experiências como crianças indicavam.

Dessa forma, o autocontrole é uma habilidade que pode ser ensinada para mais pessoas. Segundo os cientistas, investimentos nesse tipo de treinamento poderiam ajudar no aumento da expectativa e qualidade de vida não só em crianças, mas como em adultos já desenvolvidos.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.