4 dicas importantes para que o seu pet cresça saudável

Criar um animal de estimação passa longe de ser uma das tarefas do mundo. Por muitas vezes, ser dono de um pet é quase como ter um filho. Por isso, é sempre importante ter o máximo de informações em mãos para que seu bichinho possa crescer forte, saudável e feliz.

Pensando nisso, nós separamos uma lista com quatro conselhos que todo veterinário no mundo gostaria que você soubesse na hora de cuidar de um animal. Se liga aí!

1. Não force uma dieta aleatória para o seu animal

(Fonte: Pixabay)
(Fonte: Pixabay)

Por mais que muitas pessoas queiram que seus pets adotassem determinados tipos de alimentação, é preciso ter em mente que nem todos os animais conseguem adotar o mesmo estilo de dieta que os seres humanos.

Por exemplo, uma pessoa vegana não pode forçar seu gato a parar de comer carne. Essas criaturas dependem de determinados nutrientes para sobreviver e cortá-los pode causar um mal danado.

2. Não corte as orelhas e o rabo de seu cachorro

(Fonte: Pixabay)
(Fonte: Pixabay)

Diversos donos de cachorros pelo mundo tem o hábito de cortar as orelhas ou rabo de seus cães por motivos estéticos. Entretanto, essa ação não condiz muito com as de uma pessoa que ama o seu animal de estimação.

Enquanto as orelhas dobradas servem para manter qualquer tipo de sujeira longe da região e auxiliar a audição dos caninos, o rabo é um instrumento de comunicação muito importante dentro da espécie. Por isso, cortá-los por não achá-los atraentes seria uma grande demonstração de egoísmo.

3. Aprenda a colocar limites

(Fonte: Pixabay)
(Fonte: Pixabay)

Se o seu pet apresenta problemas de comportamento, as chances disso ser consequência dos seus atos como dono são enormes. É difícil reclamar que o seu cachorro não tem limites quando você mesmo criou o hábito de ficar alimentando-o com restos de alimento da sua janta.

Animais de estimação que não recebem treinamento adequado, ou que nunca foram ensinados sobre o que não fazer, certamente não aprenderão por conta própria. Esse é o seu papel!

4. Controle a saúde do seu pet

(Fonte: Unsplash)
(Fonte: Unsplash)

Não existe nada de engraçado em ter um animal de estimação obeso. Esse tipo de problema de saúde pode causar muitas dores nas juntas e também gerar doenças no coração.

Saiba oferecer amor por outros meios além da comida e lembre-se sempre de medicá-los ou buscar ajuda veterinária quando necessário!

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.