Nave espacial russa pega fogo propositalmente ao atingir atmosfera

No dia 09 de fevereiro, uma nave espacial russa pegou fogo assim que atingiu a atmosfera da Terra. O cargueiro Progress MS-15 estava retornando ao planeta Terra, quando teve seu incêndio premeditado. Imagens do ocorrido foram compartilhadas pelos astronautas da ISS (Estação Espacial Internacional).

A nave pertencente à agência Roscosmos estava em uma missão de transporte para a ISS. Ao deixar a Terra, o cargueiro contava mais de 2,5 toneladas de alimentos, suprimentos gerais, equipamentos científicos e matéria-prima para experimentos na estação.

Nave ficou 7 meses no espaço antes de pegar fogo

O cargueiro ficou 7 meses em órbita e cumpriu a sua missão. Por mais que uma nave espacial pegando fogo possa parecer acidental, na verdade, esse era o plano desde o início, como uma forma de garantir um descarte seguro dos detritos da espaçonave, evitando acidentes e problemas ambientais. Ao serem consumidos pelas chamas, os restos da Progress MS-15 caíram em uma região segura do Oceano Pacífico.

(Fonte: Soichi Noguchi/JAXA/Twitter/Reprodução)
(Fonte: Soichi Noguchi/JAXA/Twitter/Reprodução)

Depois do desencaixe na ISS, os comandantes na Terra emitiram uma ordem especial para abrir os ganchos da nave. Com isso, ela deixou a estação e foi enviada para longe, fazendo seu caminho de volta para o planeta e atingindo a atmosfera terrestre.

Uma nova nave espacial russa, Progress MS-16, foi enviada para a Estação Espacial Internacional na no dia 17, sendo lançado no foguete espacial Soyuz-2, portando 2,5 toneladas de suprimentos. 

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.