Seja o primeiro a compartilhar

1º hotel espacial será construído em 2025 na órbita da Terra

Desenvolvida pela Orbital Assembly Corporation (OAC), a Estação Voyager tem previsão de construção para 2025 e pode entrar em operação a partir de 2027.  O primeiro hotel espacial contará com restaurantes, cinema, spa, ginásio, bares e quartos para 400 hóspedes, em um sistema bem parecido com o que ocorre em cruzeiros. 

Segundo a OAC, o hotel dará uma volta ao globo a cada 90 minutos e a rotação do círculo vai gerar gravidade artificial semelhante à da Lua. A estrutura — em formato de um grande donut — vai apresentar uma série de cápsulas presas na parte externa do anel giratório. 

 A construção do Voyager Station 

A construção da estação deve iniciar em 2025 com previsão de inauguração para 2027. (Fonte: Gateway Foundation/ Repdoução)A construção da estação deve iniciar em 2025 com previsão de inauguração para 2027. (Fonte: Gateway Foundation/ Repdoução)

Antes de começar a construção definitiva do hotel, a equipe responsável fará uma estação protótipo, que engloba um anel gravitacional de 61 metros com capacidade de criar 40% da gravidade da Terra.  

Um robô nomeado STAR (Structure Trust Assembly Robot) vai construir a estrutura do Voyager em órbita assim que a OAC finalizar alguns testes de gravidade. Garantir a rotação é vital para o projeto, pois não é viável que pessoas vivam por tanto tempo na estação sem gravidade. Caso contrário, o corpo humano pode ter problemas.  

O fundador da Gateway Foundation e idealizador do projeto John Blincow disse em entrevista para o site Mail Online que acredita que essa seja a próxima revolução industrial. 

Os detalhes do custo de construção não foram revelados e não há ideia de qual o preço para passar uma noite neste hotel. Contudo, os valores devem diminuir graças aos veículos de lançamento reutilizáveis, como o Falcon 9 da SpaceX e a futura Starship.

Apenas como comparação, a Estação Internacional Espacial da NASA teve um custo de 150 bilhões de dólares e acomoda seis astronautas. Tanto a Orbital Assembly Corporation quanto a Gateway Foundation pedem às pessoas que invistam no projeto e façam reservas para uma futura visita. 

Como se hospedar nesse hotel? 

A estrutura abrigará cápsulas para turistas e para agências espaciais realizarem estudos. (Fonte: Gateway Foundation/Reprodução)A estrutura abrigará cápsulas para turistas e para agências espaciais realizarem estudos. (Fonte: Gateway Foundation/Reprodução)

Inicialmente, a estação está sendo projetada para acomodar agências espaciais, como a NASA e a ESA, para realizar pesquisas, bem como turistas que desejam experimentar a vida em uma grande estação espacial com o conforto de um hotel.

Além disso, cerca de 24 módulos serão executados pela Gateway Foundation para alojamento da tripulação e acondicionamento de ar, água e energia. A empresa espera vender parte do hotel para agências governamentais que desejam usar o local para centro de treinamento ou pessoas que queiram criar uma vila a bordo da nave.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.

Comentários

Você já percebeu que passamos por algumas mudanças por aqui, né? Uma delas é melhorar também o nosso campo de comentários - e nada melhor do que você, nosso leitor, para nos ajudar e garantir que a gente esteja no caminho certo. Substituímos temporariamente nossos comentários por uma pesquisa rápida para implementarmos mais uma melhoria. Como você acredita que nossa interação pode ser mais próxima aqui?

CLIQUE AQUI PARA RESPONDER