Maior coelho do mundo é roubado e tutora oferece recompensa

Um coelho recordista de tamanho no Livro de Recordes Guinness foi furtado, na semana passada, dos jardins da propriedade de sua tutora, na cidade de Stoulton, na região de Worcestershire, local onde foi criado o mundialmente famoso molho inglês. O coelho Darius detém o recorde de tamanho desde 2010, após exibir a marca de 1,29 metro de comprimento.

Como Darius é muito grande para se entocar, como fazem seus parentes menores, a polícia territorial West Mercia já acolheu a tese de furto, que ocorreu na noite de 10 para 11 de abril. Muito triste, a dona do coelho, Annette Edwards, argumentou que “ele está muito velho para se reproduzir, portanto não será útil [para quem o roubou]”.

Darius é um espécime dos chamados “coelhos gigantes continentais”, uma raça obtida após diversos cruzamentos e destinada a se tornar a maior do mundo. De acordo com o site especializado Here Bunny, esses coelhos podem pesar entre 6 e 16 quilos, e são uma raça muito dócil, criada originalmente para produção de carne e peles.

Procurando Darius

Fonte: West Mercia Police/DivulgaçãoFonte: West Mercia Police/Divulgação

Devido à sua docilidade, esses bichões, que parecem mais um cachorro do que um coelho, são escolhidos por muitas famílias como seus animais de estimação. Segundo Annette Edwards, em um vídeo divulgado no YouTube em 2015, com mais de 10 milhões de visualizações, os coelhos gigantes são bem mais fáceis de criar do que as raças menores.

Muito triste com a perda de seu Darius, Edwards, que é uma ex-coelhinha (da Playboy), está oferecendo uma recompensa de 1 mil libras pelo retorno seguro do “bichinho”. E, antes, que você quebre o lockdown para conferir se o animal não teria sido contrabandeado para o Brasil, e faturar R$ 7,7 mil, é bom lembrar que os voos do Reino Unido para cá estão fechados por causa da covid-19, desde o dia 15 de janeiro.

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.