Seja o primeiro a compartilhar

A aranha que se camufla como planta para se proteger

Um dos aracnídeos mais fascinantes pela sua camuflagem exuberante, a aranha-folha-enrolada (Poltys mouhoti) é nativa do Vietnã, mas está presente em diversos países asiáticos como Camboja, Tailândia e Malásia. Ao todo, são 43 subespécies conhecidas, a maioria delas com uma incrível capacidade de mimetizar partes das plantas para se proteger de predadores durante o dia.

Fonte: Bernard Dupont/Flickr/ReproduçãoFonte: Bernard Dupont/Flickr/Reprodução

A forma do corpo, que se parece com um galho quebrado, e a coloração marrom e verde permitem que a Poltys se disfarce com facilidade, apenas dobrando as pernas em direção ao abdômen e estendendo um longo apêndice em forma de haste para fora do corpo.

Fonte: Stu Glennie/Facebook/ReproduçãoFonte: Stu Glennie/Facebook/Reprodução

Embora a camuflagem da aranha-folha-enrolada seja muito convincente, parece que a habilidade se destina apenas à autoproteção durante o dia, uma vez que sua estratégia de captura de presas é bem diferente. Quando chega a noite, o artrópode constrói uma teia orbital para capturar insetos. Antes do amanhecer, a teia é consumida, para ser reconstruída novamente na noite seguinte.

Fonte: The Baghdad/Facebook/ReproduçãoFonte: The Baghdad/Facebook/Reprodução

Esses hábitos noturnos e a habilidade de mimetismo fazem da Poltys mouhoti um inseto de difícil detecção, tanto por predadores como pesquisadores, o que explica a literatura pouco extensa sobre o inseto.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.