01
Compartilhamento

Se nossa temperatura é de 37 °C, por que sentimos calor com mais de 25 °C

Está difícil alguém reclamar de calor aqui no sul do Brasil, onde as temperaturas estão constantemente abaixo de dois dígitos — isso que ainda nem chegamos ao inverno, que começa em 21 de junho. Porém, para quem está acostumado com o frio quase negativo de Curitiba ou Porto Alegre, qualquer temperatura acima dos 25 ou 30 °C é mais que suficiente para sentir calor. Os cariocas talvez tirem o casaquinho, já que lá faz mais de 40 °C.

Mas, independentemente do local do Brasil — ou do mundo — em que a gente esteja, é fato que a gente começa a suar e sentir algum incômodo quando a temperatura atmosférica passa dos 35 °C ou 37 °C. Mas se essa é a própria temperatura do corpo, como podemos nos incomodar com ela? Se a temperatura é igual, porque sentimos calor nessa condição?

Imagem: Hans Reniers/UnsplashImagem: Hans Reniers/Unsplash

O corpo precisa dissipar o calor

Jeffery W. Walker, professor de fisiologia da Universidade do Arizona, respondeu a essa pergunta em um artigo para a revista Scientific American. 

Ele explica que o corpo humano gera grandes quantidades de calor continuamente, por conta dos processos internos que nos mantém vivos: contrair os músculos do coração, diafragma e membros, as reações químicas da digestão, os pulsos elétricos dos nervos e por aí vai... Tudo isso, inevitavelmente, gera calor, como um motor de carro também gera quando está. Nosso corpo precisa dissipar esse calor de alguma forma. 

Há vários mecanismos que o organismo utiliza para não sobreaquecer e pifar como um motor que ferve: fazer o sangue circular próximo à superfície da pele, expirar ar quente, evaporar suor... Isso tudo acontece para dispersar calor.

A questão é que é difícil dispersar calor quando a temperatura exterior é a mesma que queremos manter. Esses processos funcionam melhor quando a temperatura do ar está um pouco abaixo da nossa — por volta de 21 °C ou 22 °C. Por outro lado, quando fica frio demais, nosso corpo precisa trabalhar o dobro para a manutenção da temperatura normal de 37 °C. 

Além das altas temperaturas em si, outra coisa que atrapalha na dissipação do nosso calor é a umidade. Isso porque os líquidos do nosso corpo (que correspondem a algo em torno de 70% do nosso peso) absorvem grande parte desse calor e o dissipa pela evaporação. Qualquer coisa que interfira nesse processo, como a umidade, a falta de um ventinho ou o excesso de roupas, faz a gente sentir calor e desconforto.

No fim das contas, aquele clássico tweet da Ângela Bismarchi estava correto.

Imagem: Twitter/ReproduçãoImagem: Twitter/Reprodução

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.