Por que a cafeína não é uma boa arma contra o sono?

Todo trabalhador nesse país pode se identificar com essa rotina: o despertador toca pela manhã, você ainda está morrendo de sono e, para cogitar qualquer possibilidade de produzir alguma coisa, você precisa de uma caneca de café bem forte para acordar.

Com isso, o dever do Mega Curioso é com a ciência e, infelizmente, é necessário dizer que a cafeína não é um recurso 100% eficiente para se manter trabalhando após uma noite mal dormida. A gente sente menos sono, é verdade, mas a capacidade cognitiva exigida por tarefas complexas continua comprometida.

Cafeína só ajuda em tarefas simples

Quem nos traz essa notícia devastadora é um estudo realizado por pesquisadores da Universidade de Michigan e publicado no Journal of Experimental Psychology: Learning, Memory, & Cognition.

A equipe fez testes com mais de 275 voluntários, após uma noite de sono ruim e alto consumo de cafeína. A primeira etapa era uma tarefinha simples de atenção, enquanto a segunda era uma prova mais difícil, que demandava cumprir etapas na ordem certa. 

A privação de sono, como esperado, diminuiu o desempenho dos participantes nos dois testes. Até aí tudo bem... A questão é que a cafeína ajudou a melhorar o desempenho dos sonolentos apenas na primeira tarefinha. Na segunda, mais difícil, estar com sono continuou sendo um problema, mesmo após o café. 

A gente tentando trabalhar apenas movido por café (Imagem: UOL/Reprodução)A gente tentando trabalhar apenas movido por café (Imagem: UOL/Reprodução)

Um problema para algumas profissões

Kimberly Fenn, professora da Universidade de Michigan e coautora do estudo, resume: "Por mais que as pessoas sintam que elas podem combater a privação de sono com cafeína, o desempenho delas em tarefas de alto-nível provavelmente se manterá comprometida. Esse é um dos motivos pelos quais a privação de sono pode ser tão perigosa". Pois é...

Essa descoberta é especialmente importante para profissionais que acabam sendo privados de seu sono com frequência, mas precisam desempenhar tarefas complexas mesmo assim — pense em médicos, pilotos ou policiais. Desse modo, o estudo reafirma que uma boa noite de sono é indispensável — afinal, um erro que um cirurgião cometa por estar sonolento pode custar a vida de alguém.

Eu tenho quase certeza que redigir matérias para sites de curiosidades não está na lista de "tarefas de alto-nível" citadas pela professora Fenn. Mas, por via das dúvidas, eu vou tirar mais um cochilo antes de começar a próxima pauta.

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.