Seja o primeiro a compartilhar

Aranha-caçadora: ela não precisa de teias para matar

A aranha-caçadora é um dos predadores mais eficientes e aterrorizantes da natureza, sendo capaz de abater suas vítimas sem a necessidade do uso de teias. Essa especialização a coloca como um animal extremamente ágil e calculista, visto que dispõe de táticas furtivas para alcançar suas presas sem ser notada, apesar de possuir um tamanho relativamente grande.

A família Sparassidae, com origem em um ancestral comum do sudeste de Ásia, integra mais de 1200 espécies de aranha-caçadora, com 155 delas dominando as terras australianas. Esses aracnídeos têm preferências por climas quentes e temperados e se destacam por possuir inúmeras habilidades especiais, conseguindo eliminar alvos através de sacos de ovos, camuflagem ou liberação de veneno, como é o caso da aranha-caçadora.

(Fonte: Wikimedia Commons / Reprodução)(Fonte: Wikimedia Commons / Reprodução)

As aranhas-caçadoras adultas podem atingir um comprimento total de 1,5 metro e pernas de até 13 centímetros durante suas fases adultas. Essas dimensões assustadoras, apesar de as colocarem como um dos maiores aracnídeos da Terra, não impedem que elas se desloquem com extrema velocidade, e espécies como a Holconia hirsuta e a Beregama aurea conseguem ser mais velozes que o recordista mundial Usain Bolt.

Quanto à reprodução, os membros da família Sparassidae possuem distinções claras entre a participação do macho e da fêmea no processo de procriação. As atividades sexuais se iniciam com os espécimes masculinos, que são atraídos pelo feromônio de fêmeas e as atraem através de vibrações no estômago. Os relacionamentos costumam ser duradouros e geralmente apenas a fêmea está viva durante a liberação dos ovos.

Cuidar da casa é cuidar da vida

Por possuírem hábitos noturnos, as aranhas-caçadoras são dificilmente detectadas e gostam de se esconder em locais sombreados enquanto estudam suas vítimas. Devido à ejeção de um veneno altamente tóxico, sua picada é considerada uma das mais dolorosas do reino animal e enquanto é fatal para insetos menores, pode deixar sérios traumas em humanos que forem atacados.

(Fonte: Facebook / Reprodução)(Fonte: Facebook / Reprodução)

A dor da picada pode durar horas e causa sérias inflamações que aumentam a frequência cardíaca da vítima, resultando em dores de cabeças, alucinações e outros sintomas. Ao se deparar com uma aranha-caçadora, pense bem sobre seu próximo passo.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.

Comentários

Você já percebeu que passamos por algumas mudanças por aqui, né? Uma delas é melhorar também o nosso campo de comentários - e nada melhor do que você, nosso leitor, para nos ajudar e garantir que a gente esteja no caminho certo. Substituímos temporariamente nossos comentários por uma pesquisa rápida para implementarmos mais uma melhoria. Como você acredita que nossa interação pode ser mais próxima aqui?

CLIQUE AQUI PARA RESPONDER