Seja o primeiro a compartilhar

Queda de raio deixa ao menos 18 mortos em Forte Amer, na Índia

Na noite deste último domingo (11), um raio atingiu uma das torres de vigilância do Forte Amer, tradicional ponto turístico de Jaipur, Índia, e levou à morte ao menos 18 pessoas. Segundo informado pela CNN, as outras 11 vítimas que sofreram impactos diretos do fenômeno foram encaminhadas rapidamente para o Hospital Sawai Man Singh e já se encontram estáveis.

Em entrevista, Shankar Lal Saini, oficial sênior de gerenciamento de desastres em Jaipur, informou que mulheres e crianças estavam entre as vítimas fatais. Enquanto algumas delas eram moradoras da cidade, outras eram turistas que estavam aproveitando o final de semana para tirar selfies e conhecer o local, quando foram atingidas inesperadamente por um raio.

"Havia uma torre lá. Quando o raio caiu, a parede da torre desabou e muitas pessoas foram soterradas sob ela. Como o forte ficava em uma colina, enquanto os destroços estavam caindo e o espaço reduzindo, algumas pessoas também caíram em uma vala," disse Saini. "Porque é uma área montanhosa e há muitas árvores nas quais as equipes de resgate ficaram procurando até de manhã, para o caso de alguém ficar para trás, mas agora todas as pessoas foram encontradas"

(Fonte: Getty Images / Reprodução)(Fonte: Getty Images / Reprodução)

As expedições para encontrar os desaparecidos encerraram na manhã desta segunda-feira (12) e todos os corpos foram resgatados. Em comunicado postado no Twitter, o primeiro-ministro indiano, Narendra Modi, prestou suas condolências aos mortos e acidentados, e reforçou um fato comum no país ao afirmar que "muitas pessoas perderam a vida devido a raios em algumas áreas do Rajastão".

A queda de raios na Índia

Além do incidente no Rajastão, cerca de 41 pessoas também foram mortas por raios durante o último final de semana nos estados de Uttar Pradesh e Madhya Pradesh. Esses índices simbólicos de óbitos contribuem para uma alavancagem significativa nos últimos anos envolvendo a variável, já que a média de mortes pelos fenômenos elétricos, na Índia, chega a impressionantes 2 mil casos anuais.

Em relatório, o Departamento Meteorológico Indiano (IMD) apontou que a crise climática vem dobrando o número de raios a cada ano desde a década de 1960, e em anos recordes como 2018, por exemplo, cerca de 36.749 raios foram registrados em apenas 13 horas, levando 2357 pessoas à morte.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.

Comentários

Você já percebeu que passamos por algumas mudanças por aqui, né? Uma delas é melhorar também o nosso campo de comentários - e nada melhor do que você, nosso leitor, para nos ajudar e garantir que a gente esteja no caminho certo. Substituímos temporariamente nossos comentários por uma pesquisa rápida para implementarmos mais uma melhoria. Como você acredita que nossa interação pode ser mais próxima aqui?

CLIQUE AQUI PARA RESPONDER