Elefantes chineses voltam para casa após jornada de 500 km

Uma manada de elefantes chineses despertou a atenção de pessoas pelo mundo inteiro ao viajarem se afastando mais de 500 km do seu hábitat natural há mais de 1 ano. Considerados em extinção, esses animais são nativos da Província de Yunnan, onde iniciaram sua trajetória. 

Não é incomum que grupos de elefantes se movam por pequenas distâncias, mas uma jornada tão longa assim despertou a curiosidade até mesmo de cientistas. Durante todo esse período, os 14 elefantes foram vistos passando por várias aldeias, vilarejos e cidades enquanto caminhavam pelas ruas e se alimentavam de plantações.

Viagem curiosa

(Fonte: Reuters)(Fonte: Reuters)

O fato mais curioso sobre toda essa longa viagem dos elefantes é que ninguém sabe ao certo o real motivo para que eles tenham saído de seu lar. Nesse meio tempo, eles quebraram portas, invadiram lojas de várias cidades na China, roubaram a comida de produtores rurais e também foram vistos em uma encantadora cena brincando na lama.

Em um determinado momento, os animais se reuniram no pátio de um edifício para tomar água e conseguiram abrir torneiras por conta própria usando suas trombas. Na visão de alguns cientistas, as fotos que circularam do grupo na internet sugerem que esses animais estão passando por um período de estresse e tiveram que sair em busca de recursos.

"É quase certo que [a jornada] está relacionada à necessidade de recursos, como comida, água e abrigo. Isso faria sentido, dado o fato que, na maioria dos locais onde os elefantes asiáticos vivem na natureza, há um aumento da ocupação humana levando à fragmentação do hábitat, redução e perda de recursos", disse o pesquisador Joshua Plotnik à BBC

Busca por espaço

(Fonte: Reuters)(Fonte: Reuters)

Ao longo dos anos, o crescimento da urbanização e o desmatamento fizeram com que os hábitats desses animais diminuíssem cada vez mais. Entretanto, ao contrário do que acontece em outras partes da Ásia, a China é um dos poucos lugares no mundo onde a população de elefantes está em crescimento graças aos esforços de preservação da vida.

A caça ilegal é fortemente combatida no país asiático, e o número de elefantes na Província de Yunnan passou de 193, na década de 1990, para cerca de 300 atualmente. Segundo os pesquisadores, é pouco provável que a viagem inicial da manada tivesse como objetivo a migração, visto que o grupo nunca seguiu uma rota fixa. 

Mesmo assim, é possível que eles estivessem mapeando a região em busca de um novo lar para o futuro, onde encontrarão mais alimentos e poderão viver suas vidas em paz. 

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.