O que o processo de descolorir realmente faz com o seu cabelo?

Descolorir o cabelo tem-se tornado uma prática popular, especialmente entre o público mais jovem. Seja inspirado por astros da música pop, seja pelos boleiros do futebol, seja por qualquer outro ícone mundial, deixar as mexas de cabelo platinadas se tornou algo cada vez mais comum e feito nos salões de beleza ou até mesmo em casa.

Mas você sabe qual é o real efeito desse processo químico na sua saúde capilar? Para conseguir embranquecer os seus fios, esses produtos agem forte no couro cabeludo e podem ser considerados até mesmo maléficos para o seu cabelo. Então, antes de você sair por aí pintando a cabeça inteira, vamos entender um pouco mais sobre esse processo?

Descolorindo o cabelo

(Fonte: Unsplash)(Fonte: Unsplash)

Se alguma vez na sua vida você já descoloriu o cabelo, você deve ter notado que os seus fios se tornaram mais quebradiços algum tempo depois. Um dos motivos disso acontecer é porque descolorir funciona como uma arte e uma ciência ao mesmo tempo — uma técnica que envolve múltiplas variáveis e pode produzir resultados diferentes. 

Quando seu cabelo está sendo descolorido, é comum que os fios de cabelo "inchem" no primeiro momento. Isso é um dos efeitos dos agentes alcalinos presentes no peróxido de hidrogênio ou simplesmente água oxigenada. Isso faz que muitas pessoas sintam o cabelo mais volumoso no começo e é uma parte importante para que a tinta se aplique melhor.

Após essa fase, porém, o cabelo afina, e a sensação de volume some. A oxidação causada pelos descolorantes penetra o núcleo do cabelo e dissolve a pigmentação natural dos fios. Por isso, quando você está descolorindo, saiba que você está "matando" toda a melanina do seu cabelo.

Aparição de danos

(Fonte: Internet/Reprodução)(Fonte: Internet/Reprodução)

Uma vez que seu cabelo estiver descolorido, você notará que ele se tornou extremamente poroso, ou seja, ele absorverá mais líquidos. Isso não necessariamente é um fator negativo, mas cabelos muito porosos podem fazer que a sua pele fique oleosa rapidamente.

Além disso, o processo de descolorir por si só é um dano certeiro aos seus fios — não há argumentos contra isso. Portanto, se você está planejando tingir o cabelo, saiba que muitas pontas duplas aparecerão, uma vez que as ligações que compõem o complexo da membrana celular estarão quebradas.

Para que o aspecto do cabelo não fique terrível, é importante que os usuários de descolorante prestem muita atenção nos cuidados capilares após o processo e aprendam a usar os modelos corretos de shampoo ou até mesmo a maneira como secar os fios com a toalha.

Resultados diversos

(Fonte: Unsplash)(Fonte: Unsplash)

Caso o seu cabelo não tenha ficado como você esperava ao fim da primeira descoloração ou totalmente diferente do cabelo do seu amigo, não tenha medo. Descolorir os fios é um processo químico individual e que desperta diferentes tipos de comportamento para cada tipo de organismo.

Enquanto para algumas pessoas uma única descoloração é o suficiente para atingir a cor almejada, é possível que você precise realizá-la mais vezes para dar certo. Porém, tudo isso sempre prestando o máximo de atenção para não detonar o cabelo.

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.