Seja o primeiro a compartilhar

Animais herbívoros são mais fracos que os carnívoros?

Quando comparados animais carnívoros com animais herbívoros, logo pensamos que o primeiro grupo é naturalmente mais forte por serem os caçadores. Por precisarem correr atrás de suas presas e devorá-las, os carnívoros precisam ser fisicamente mais capazes, certo? Não é tão simples assim.

Se olharmos para a era dos dinossauros, notaremos que muitas das maiores criaturas daquele tempo eram, na verdade, herbívoras. E isso vale também para o contexto atual, em que o maior animal terrestre existente no planeta é o elefante africano — um gigante que adora uma salada. Então, vamos entender um pouco mais sobre essa disputa nos próximos parágrafos.

Grandeza dos herbívoros

(Fonte: Shutterstock)(Fonte: Shutterstock)

Além do elefante africano, a lista de maiores criaturas terrestres continua sendo uma verdadeira lavada dos herbívoros. Por exemplo, o elefante asiático, o rinoceronte-branco, o hipopótamo, o gauro são todos herbívoros. E para um resumo ainda maior, todos os animais no top 10 de grandeza terrestre não são notórios comedores de carne.

Os únicos animais existentes que superam esses tamanhos são as baleias. Nesse contexto, as baleias não são herbívoras. Porém, vale também ressaltar que pouquíssimas criaturas no fundo do mar não são carnívoras. Sem contar que o ambiente aquático é uma boa explicação para que uma baleia consiga suportar todo o seu peso.

Mas por que os maiores animais do mundo são herbívoros? Tudo isso é uma questão de recursos e como obtê-los. Existe muita matéria vegetal no mundo e relativamente "fácil" de renovar. Sendo assim, os recursos para essas criaturas são abundantes e após determinado tamanho elas ainda dificilmente serão predadas por carnívoros.

Questão de força

(Fonte: Shutterstock)(Fonte: Shutterstock)

Ao contrário do que acontece com os herbívoros, a história é diferente: ser muito grande prejudicaria a agilidade e poderia impossibilitar a captura de presas. Isso significa que os carnívoros podem perder em tamanho muitas das vezes, mas adquiriram outros atributos que contribuem para os seus objetivos.

Também há menos para comer, conforme a pirâmide alimentar biológica. Nesse quesito, os herbívoros são comedores primários — e se alimentam direto da fonte disponibilizada pela natureza —, enquanto os carnívoros são comedores secundários ou até mesmo terciários.

Tendo todos esses fatores em consideração, os carnívoros são de fato mais fortes que os herbívoros? Em termos gerais, sim. Não à toa eles são os predadores e ditam a maioria das relações do mundo selvagem. Porém, como explicado ao longo do texto, nem todos os herbívoros são criaturas tão indefesas assim, usando sua corpulência para se defender e até mesmo ganhar algumas brigas.

Se de um lado da balança temos veados, cabras e outros animais mais frágeis, existem outros animais que angariam bastante respeito para os comedores de planta. O gorila, por exemplo, alimenta-se apenas de plantas e variados insetos, mas mesmo assim consegue levantar mais de 1,8 tonelada de peso. Resumindo: não é comer salada que faz o animal ser fraco!

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.