Seja o primeiro a compartilhar

O que está matando o tubarão-baleia, o maior peixe do mundo?

Você sabia que o maior peixe do mundo é um tubarão? Trata-se do tubarão-baleia, que pode chegar aos incríveis 20 metros de comprimento. Porém, até mesmo os mais gigantes e fortes animais podem desaparecer.

Embora tenha uma forte presença nos oceanos, a quantidade de tubarões-baleia diminuiu mais de 50% nos últimos 75 anos. Devido à queda contínua na população, em 2016, esses animais foram acrescentados na lista de espécies de tubarões ameaçadas de extinção.

Até agora, os pesquisadores não sabiam dizer qual o principal motivo para esse peixe estivesse sumindo. Afinal, as ameaças por pesca excessiva não explicavam completamente a situação. Além disso, estudar esses animais é um feito complexo, pois não existem corpos disponíveis para análise, visto que afundam quando morrem.

(Fonte: ZacWolf/Wikimedia Commons)(Fonte: ZacWolf/Wikimedia Commons)

Mistério começa a ser desvendado

Recentemente, cientistas da Marine Biological Association e da Universidade de Southampton, na Inglaterra, divulgaram os resultados de uma pesquisa sobre a diminuição da população de tubarões-baleia. De acordo com os levantamentos, o desaparecimento desses animais dos oceanos se deve a colisões fatais entre eles e grandes navios, na maioria.

O estudo conseguiu fazer a sobreposição de rotas, tanto dos tubarões-baleia quanto dos navios e concluiu que, onde existem altas densidades dos tubarões, também existe um intenso tráfego marítimo.

(Fonte: FGBNMS/Eckert/Wikimedia Commons)(Fonte: FGBNMS/Eckert/Wikimedia Commons)

Os cursos desses navios que transportam contêineres e até mesmo passageiros são conhecidos como rodovias marítimas. Elas funcionam de maneira bem parecida as rodovias terrestres: os navios vão de um canto para outro fazendo conexões entre portos distantes, muitas vezes em extremidades opostas dos oceanos.

O que acontece é que essas rodovias marítimas, que transportam itens essenciais e alimentos para pessoas do mundo todo, acabam cortando as rotas migratórias desses animais.

Distribuição do Tubarão-baleia pelo globo. (Fonte: Chris_huh/Wikimedia Commons)Distribuição do Tubarão-baleia pelo globo. (Fonte: Chris_huh/Wikimedia Commons)

Os tubarões-baleia, bem como as baleias, são os alvos mais fáceis para os navios porque tendem a passar boa parte do tempo próximo à superfície do oceano. E não é somente o crescente tráfego dos navios que colocam em risco de extinção o tubarão-baleia: atualmente, não existe nenhum tipo de regulamentação internacional que vise a proteção da espécie.

Em outras palavras, talvez em algumas décadas poderemos assistir o desaparecimento de mais uma espécie animal da Terra devido à ação humana e da falta de medidas de proteção.

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.