Seja o primeiro a compartilhar

Arqueólogos descobrem 250 múmias em antiga necrópole no Egito

Um grupo de arqueólogos anunciou na última segunda-feira (30) ter descoberto um tesouro arqueológico impressionante na necrópole de Saqqara, no Egito. A área, que fica perto da capital Cairo, guardava em seu território múmias e estátuas de bronze que datam para 2,5 mil anos.

De acordo com os pesquisadores, 250 sarcófagos com múmias muito bem preservadas estavam escondidos naquela região e foram desenterrados durante as escavações recentes. O Conselheiro Supremo de Antiguidades do Egito, Mostafa Waziri, ainda disse que essa é a primeira vez que um papiro completo e lacrado também foi achado por arqueólogos.

Resultado das escavações

(Fonte: Ministério do Turismo e Antiguidades do Egito/Reprodução)(Fonte: Ministério do Turismo e Antiguidades do Egito/Reprodução)

Quando os estudiosos encontraram o papiro lacrado dentro de um dos sarcófagos de madeira, a primeira reação foi imediatamente transferir o documento para um museu, onde estudos mais aprofundados poderiam ser conduzidos. Em entrevista à imprensa local, Waziri disse acreditar que o texto era semelhante a outros encontrados há 100 anos — que discutiam o Livro dos Portões e o Livro dos Mortos, textos funerários egípcios.

Em meio aos sarcófagos, também foram descobertas 150 estátuas de bronze de divindades do Egito Antigo, assim como alguns potes de bronze que teriam sido usados em rituais para a deusa da fertilidade, Ísis, que datam para cerca de 500 a.C. A expectativa do governo egípcio é de que essa série de descobertas arqueológicas ajudem a reviver o turismo no país.

No passado, a necrópole de Saqqara fazia parte de um cemitério da antiga capital de Memphis. Porém, agora as ruínas do lugar tornaram-se Patrimônio Mundial da UNESCO. Quando aos sarcófagos, o plano dos arqueólogos envolve enviá-los para o novo Grande Museu Egípcio, que deve ser inaugurado ao lado das famosas Pirâmides de Gizé em novembro.

Arqueologia no Egito

(Fonte: Ministério do Turismo e Antiguidades do Egito/Reprodução)(Fonte: Ministério do Turismo e Antiguidades do Egito/Reprodução)

A região de Saqqara, onde os novos artefatos foram descobertos, tem sido estudada por arqueólogos desde 2018. A missão mais recente também serviu para encontrar um esconderijo de artefatos que remetem ao Império Novo do Egito Antigo, estabelecido no século XV a.C.

O acervo inclui espelhos de bronze, pulseiras, colares, brincos e tornozeleiras. O Egito costuma ser uma região interessante para descobertas arqueológicas. Um exemplo disso aconteceu em 2021, quando pesquisadores encontraram 16 câmaras funerárias humanas em um antigo templo nos arredores de Alexandria, no norte do país.

Duas das múmias achadas no local possuíam línguas de ouro, o que é visto pelo Ministério de Antiguidades do Egito como uma tentativa de que esses indivíduos conseguissem "falar na vida após a morte".

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.