Seja o primeiro a compartilhar

Conheça Blob, a criatura que tem 720 sexos, mas não tem cérebro

O planeta Terra possui diversos seres em seu ecossistema, sendo que alguns deles são bem curiosos. Entre estes, podemos conhecer o Physarum polycephalum, que para facilitar para todos ficou conhecido apenas como Blob.

O que torna Blob curioso já começa pelo fato de ele não ser caracterizado como planta, fungo ou animal. Apesar de trazer características comuns a membros desses grupos, ele apresenta algumas outras peculiaridades no mínimo curiosas.

Começando pela sua aparição em nosso planeta, Blob já estava por aqui 500 milhões de anos antes de qualquer ser humano. Além disso, ele não possui boca, estômago, olhos, braços, pernas ou mesmo um cérebro, mas é capaz de comer, aprender, transmitir conhecimento e até mesmo se regenerar.

Blob prefere ambientes mais úmidos para viver e se reproduzir. (Fonte: Hypeness/Reprodução)Blob prefere ambientes mais úmidos para viver e se reproduzir. (Fonte: Hypeness/Reprodução)

Vários sexos em um mesmo ser

Após vários estudos, comprovou-se que uma das características mais marcantes dessa criatura é que, apesar de não haver uma definição de macho ou fêmea, ela possui 720 sexos diferentes para o momento da reprodução.

Vale esclarecer inclusive que esse número de "sexos" está associado à quantidade de células sexuais possíveis que podem formar os Blobs — que, por sinal, é constituído por apenas uma célula, e dela derivam muitos núcleos capazes de replicar seu DNA, se dividir e até mesmo se mover a "incríveis" um centímetro por hora.

Quanto ao seu habitat, Blob pode ser encontrado em pontos de decomposição com folhas, troncos de árvore e outros ambientes que apresentam mais umidade para facilitar a sua sobrevivência.

Por falar em sobrevivência, ele possui outra habilidade bem interessante: quando se sente ameaçado, seus mecanismos de defesa podem ativar uma espécie de hibernação que o torna seco diante de uma ameaça — e nesse estado, ele é praticamente imortal.

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.