(Fonte da imagem: Thinkstock)

De acordo com a National Geographic, pesquisadores da Universidade da Cidade do Cabo, na África do Sul, desenvolveram um medicamento capaz de curar a malária com uma única dose, matando o resistente parasita causador da doença instantaneamente.

Os tratamentos atuais estão baseados na administração de inúmeras drogas, contra as quais o parasita que causa a malária já se tornou resistente. O novo medicamento, por outro lado, mostrou-se extremamente efetivo, e testes realizados com animais durante os últimos 18 meses mostraram que essa droga parece não oferecer nenhum efeito colateral.

Os testes com humanos devem ter início no final do ano que vem e, caso o tratamento seja aprovado, a nova superdroga tem o potencial de ajudar a controlar ou, até mesmo, erradicar a doença. Além disso, segundo os pesquisadores, cerca de 24% das mortes de crianças na África subsaariana poderiam ser evitadas com o medicamento, enquanto milhões de pessoas em todo o mundo poderiam ser tratadas anualmente.

Fonte: National Geographic