Você é desastrado? Aprenda a minimizar o risco de derramar o seu café
65
Compartilhamentos

Você é desastrado? Aprenda a minimizar o risco de derramar o seu café

Último Vídeo

Você é do tipo que, toda vez que circula com o seu café nas mãos, acaba escaldado e com uma enorme mancha na camisa? Pois um estudante de física sul-coreano chamado Jiwon Han — que provavelmente já se queimou mais de uma vez também — decidiu descobrir o motivo de a bebida não parar em sua xícara e tentou encontrar a melhor forma de evitar acidentes.

De acordo com Ana Swanson, do The Washington Post, Han usou osciladores — basicamente, máquinas que simulam o movimento que fazemos ao caminhar — para observar como o café se comporta na xícara (ou caneca, copo, enfim...) enquanto estamos perambulando com ele nas mãos. O estudante também usou um acelerômetro e deu algumas voltas com seu cafezinho para medir o movimento exato do recipiente durante o deslocamento.

A culpa não é sua

Segundo Ana, Han concluiu que a culpa não é exclusivamente do desastrado, já que o formato das xícaras facilita — em parte — que o café seja derramado. Isso porque, quando estamos caminhando a uma velocidade normal, o líquido presente no interior desses recipientes tende a respingar mais de um lado a outro do que se ele se encontrasse em uma taça de vinho, por exemplo.

Quem nunca...

Sendo assim, você pode passar a tomar o seu cafezinho em uma taça, se preferir — embora, dependendo de onde fizer isso (como, digamos, seu local de trabalho), é bem provável que você receba olhares de reprovação. Han também descobriu que, ao caminhar de costas, ocorre uma redução no movimento do líquido. Porém, se você é propenso a sofrer acidentes, andar em “marcha à ré” talvez ofereça mais riscos do que o simples derramamento de café!

Na verdade, a análise de Han revelou que os respingos do café são parcialmente provocados pela movimentação adicional proveniente dos nossos pulsos quando estamos caminhando. Assim, a melhor solução para diminuir o risco de derramar o líquido seria segurar a xícara por cima, colocando a sua mão na forma de “garra” sobre o recipiente. Mais ou menos assim:

Existe mais uma solução encontrada por Han. Ele descobriu que um pouco de “colarinho”, ou seja, de espuminha sobre o café também é um método efetivo para evitar que o líquido oscile tanto dentro da xícara. Portanto, você pode simplesmente substituir a bebida pelos cappuccinos! Que tal?

Se nada disso funcionar, sugerimos que encha menos a sua caneca, que a troque por uma maior — e mais "alta" — ou, quem sabe, use uma tampa ao levar o seu cafezinho para passear.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.