Drops Históricos #011: sua dose semanal de História aqui no Mega!

Drops Históricos #011: sua dose semanal de História aqui no Mega!

Último Vídeo

Nesta semana na coluna Drops Históricos, você confere informações sobre a Batalha do Riachuelo durante a Guerra do Paraguai, com uma vitória decisiva de Brasil, Argentina e Uruguai. Você também vai descobrir mais sobre a queda de Troia, uma história considerada mítica, mas que passou a ser mais crível após a descoberta de uma cidade queimada. 

11 de junho

1184: Troia é saqueada e incendiada

Milhares de anos após a "Ilíada" de Homero descrever os eventos da Guerra de Troia, sua ressonância dramática e seus personagens memoráveis preservaram a fama do conflito. Até há relativamente pouco tempo, acreditava-se que tudo não passava de uma lenda. Mas isso mudou em 1868, com a descoberta de uma antiga cidade queimada.

Desde então, historiadores e arqueólogos foram forçados a concluir, em sua maior parte, que algo aconteceu no local de Troia no começo do século XII a.C., e até mesmo que as datas exatas propostas por Erastóstenes poderiam ser precisas. Se assim for, isso definiria a queda da cidade em 11 de junho de 1184 a.C.

1822: fundação da Marinha do Brasil

A Marinha do Brasil nasceu como "Armada Nacional" juntamente com a independência do país. Era formada quase em sua totalidade por embarcações, pessoal, organizações e doutrinas provenientes da migração da Família Real de Portugal, em 1808. Diversos órgãos criados por João VI de Portugal foram aproveitados em sua criação.

1865: Vitória brasileira na Batalha Naval do Riachuelo, da Guerra do Paraguai

A Batalha é considerada decisiva na guerra que envolveu a Tríplice Aliança (Brasil, Uruguai e Argentina) contra o Governo do Paraguai, impondo uma séria derrota ao inimigo. O que restou da esquadra Paraguai não teve mais relevância no conflito e acabou com as chances de uma rápida vitória sua.

Desde então, a estratégia do Paraguai passou a ser defensiva, restrita ao seu território. A batalha também garantiu o bloqueio, impedindo o recebimento de armamentos do exterior pelo país, além de permitir que os aliados da Tríplice Aliança usassem os rios livremente para sua logística.

1927: Charles Lindbergh é recebido com festa em Paris após o primeiro voo sem escalas entre Nova York e a cidade

Em 1919, Raymond Orteig, dono de um hotel em Nova York, ofereceu um prêmio de 25 mil dólares para o primeiro piloto a voar sem escalas de Nova York a Paris. Até 1927, quatro homens já haviam morrido, três ficado gravemente feridos e dois outros desaparecidos na tentativa.

Charles Lindbergh foi mais sortudo: depois de viajar quase 6 mil quilômetros durante 33 horas e meia, pousou em segurança em Paris. Uma multidão de 100 mil pessoas cercou o avião, içando o piloto em seus ombros e aplaudindo sua conquista.

12 de junho

1935: Fim da Guerra do Chaco entre Bolívia e Paraguai

Em meados do século XIX, a Bolívia e o Paraguai iniciaram uma disputa pela posse do “Gran Chaco”, uma região vasta, hostil e desértica situada entre ambos os países. Embora nenhuma das duas nações tivesse se estabelecido mais do que as áreas imediatamente adjacentes às suas próprias fronteiras, ambas reivindicaram todo o território. Os confrontos nos postos de fronteira eram uma ocorrência regular.

Os paraguaios e os bolivianos tinham construído uma linha dupla de fortes em todo o Chaco. Em junho de 1932, uma patrulha boliviana capturou um forte paraguaio, e isso desencadeou uma escalada militar que culminou em conflito em grande escala. Os países ficaram atolados na guerra que se seguiu até 12 de junho de 1935, quando ambos aceitaram um armistício. A Conferência de Buenos Aires de 1936 resolveu o conflito, concedendo ao Paraguai a maior parte do território contestado.

1964: Nelson Mandela é condenado a prisão perpétua

Neste dia, Nelson Mandela recebeu uma sentença de prisão perpétua por cometer uma sabotagem contra o governo do apartheid da África do Sul. Ele era o líder do Congresso Nacional Africano, uma organização dedicada a protestar contra tal política. Mandela foi libertado apenas em 1990, após 27 anos de prisão.

Em 1993, Mandela recebeu o Prêmio Nobel da Paz. No ano seguinte, o CNA saiu vitorioso nas primeiras eleições democráticas da África do Sul com sufrágio universal. Ele, então, foi nomeado o primeiro presidente da África do Sul pós-apartheid.

Nasceu neste dia...

1929: Anne Frank, escritora alemã

Annelies Marie “Anne” Frank nasceu na Alemanha e foi uma mundialmente famosa vítima do Holocausto da Segunda Guerra Mundial. Seu trabalho, "O Diário de Anne Frank", passou a ser lido por milhões de pessoas ao redor do mundo.

Fugindo da perseguição nazista aos judeus, a família se mudou para Amsterdã, na Holanda, onde acabou se escondendo por 2 anos em um anexo secreto dentro da empresa em que seu pai era sócio. Durante esse tempo, Frank escreveu sobre suas experiências e seus desejos. Ela tinha 15 anos quando a família foi encontrada e enviada para campos de concentração, onde acabou falecendo.

13 de junho

Nasceu neste dia...

1888: Fernando Pessoa, poeta português

É um dos mais respeitados poetas da língua portuguesa, além de ser reconhecido como uma peça central do Modernismo português. Pessoa desenvolvia uma poesia direcionada aos temas clássicos de seu país e ao lirismo saudosista, por isso é considerado poeta lírico e também nacionalista.

Morreu neste dia...

1998: Lúcio Costa, arquiteto brasileiro

É um importante arquiteto brasileiro, responsável por diversas instalações públicas, como o Ministério da Educação e Saúde no Rio de Janeiro. É também autor do Park Hotel, em Nova Friburgo, e dos edifícios Nova Cintra, Bristol e Caledônia, no Rio de Janeiro.

No entanto, é mundialmente famoso por ter criado o Plano Piloto, plano urbanístico da nova capital administrativa do Brasil, Brasília. Seu projeto, vencedor de uma competição realizada em 1957, consistia em um plano articulado em torno de dois eixos ortogonais. Os principais edifícios públicos da capital foram desenhados por Oscar Niemeyer.

14 de junho

1982: Termina a Guerra das Malvinas, entre Argentina e Grã-Bretanha

A Guerra das Malvinas durou dez semanas e foi um conflito armado entre os dois países pela soberania de dois territórios britânicos no Atlântico Sul: as “Ilhas Falkland” (Ilhas Malvinas) e as Ilhas Geórgias do Sul e Sandwich do Sul.

A batalha teve início na sexta-feira, 2 de abril de 1982, quando a Argentina invadiu e ocupou as Ilhas Malvinas e, no dia seguinte, as Ilhas Geórgia do Sul e Sandwich do Sul em uma tentativa de estabelecer a soberania que o país reivindicara sobre elas.

Em 5 de abril, o governo britânico enviou uma força-tarefa naval para atacar a Marinha e a Força Aérea da Argentina antes de fazer um ataque anfíbio às ilhas. O conflito durou 74 dias e terminou com a rendição argentina em 14 de junho de 1982, devolvendo as ilhas ao controle britânico.

Nasceu neste dia...

1928: Che Guevara, médico e revolucionário argentino

Ernesto "Che" Guevara foi um revolucionário marxista argentino, médico, autor, líder guerrilheiro, diplomata e teórico militar. Uma figura importante da Revolução Cubana, seu rosto estilizado se tornou um símbolo contracultural de rebeldia e uma marca global da cultura popular.

1920: Max Weber, sociólogo alemão

Foi sociólogo, filósofo, jurista e economista político alemão. Suas ideias influenciaram profundamente a teoria e a pesquisa social. Weber é frequentemente citado, juntamente com Émile Durkheim e Karl Marx, como um dos três fundadores da sociologia.

Weber foi um dos principais proponentes do antipositivismo metodológico, defendendo o estudo da ação social através de meios interpretativos (e não puramente empiristas), baseados na compreensão do propósito e do significado que os indivíduos atribuem às suas próprias ações. Ao contrário de Durkheim, ele não acreditava na monocausalidade e propunha que, para qualquer resultado, pode haver múltiplas causas.

15 de junho

1520: Martinho Lutero é ameaçado de excomunhão pelo Papa Leão X

Após a publicação de suas 95 teses contra a igreja católica, Martinho Lutero continuou a lecionar e escrever em Wittenberg. Em junho e julho de 1519, ele declarou publicamente que a Bíblia não dava ao papa o direito exclusivo de interpretar as escrituras, o que era um ataque direto à autoridade do papado. Diante da rebeldia, o papa emitiu um ultimato ameaçando Lutero com a excomunhão.

16 de junho

Nasceu neste dia...

1927: Ariano Suassuna, poeta e romancista brasileiro

Foi considerado um dos maiores dramaturgos vivos de seu tempo. Quatro de suas peças se tornaram filmes. Ele também foi um importante escritor regional, fazendo vários romances sobre o Nordeste.

Suassuna recebeu um doutorado honorário em uma cerimônia realizada em um circo. Entre suas obras, estão o "Auto da Compadecida" e "A Pedra do Reino". Ele era um firme defensor da cultura nordestina, e seus trabalhos lidavam com a cultura popular da região.

17 de junho

1631: Mumtaz Mahal morre durante o parto, o que motivou a construção do Taj Mahal

Ela foi a Imperatriz consorte do Império Mongol de 19 de janeiro de 1628 a 17 de junho de 1631 como a principal consorte do imperador mogol Shah Jahan.

Sua morte foi um choque muito grande para Jahan, que mandou construir um palácio sobre o túmulo de sua amada como uma homenagem póstuma em Agra. O monumento batizado de Taj Mahal é patrimônio mundial da UNESCO e muitas vezes citado como uma das Maravilhas do Mundo.

***

Você conhece a newsletter do Mega Curioso? Semanalmente, produzimos um conteúdo exclusivo para os amantes das maiores curiosidades e bizarrices deste mundão afora! Cadastre seu email e não perca mais essa forma de mantermos contato!

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.