7 dicas para combater a poluição mundial da água em sua própria casa

7 dicas para combater a poluição mundial da água em sua própria casa

Último Vídeo

Uma matéria publicada recentemente aqui no Mega mostrou o nível de poluição na China – algo que chegou a John Hawthorne, do site MoBox, que sugeriu uma matéria sobre como podemos diminuir o impacto da poluição dos rios e mares em nossa própria casa. Ainda que a matéria chinesa tenha sido o estopim, já mostramos no Mega como os recursos aquáticos estão poluídos bem pertinho de nós, aqui no Brasil.

Por isso, anote as dicas abaixo e comece o quanto antes a se tornar um ser humano mais consciente. O meio ambiente agradece!

1. Diminua o consumo de plástico

O plástico é um dos maiores vilões do planeta: por ser barato de fabricar e extremamente útil, ele acaba se espalhando em inúmeras finalidades. E o pior é que a natureza tem formas pouquíssimo eficazes de degenerá-lo, gerando um lixo ambiental que afeta todos os ecossistemas do planeta! Assim, sempre que puder, evite consumir produtos que tenha o plástico como parte fundamental.

Plástico

2. Recicle

A reciclagem não é algo apenas que os “naturebas” e “hippies” deveriam praticar. Quanto mais pessoas separarem o próprio lixo, menos matéria-prima será necessária para que tenhamos os itens mais consumidos pela humanidade. E esse hábito é algo que você pode começar em sua própria casa, incentivando parentes e amigos a fazer o mesmo. 

Reciclagem

3. Descarte corretamente o óleo de cozinha e os produtos de limpeza

Todo mundo sabe que água e óleo não se misturam, mas, mesmo assim, são complicadas de se separar. Uma vez que você jogue seu óleo de cozinha pelo ralo, uma hora ou outra ele vai acabar chegando novamente à rede de abastecimento. O mesmo vale para produtos químicos, como os de limpeza: jogar em ralos e jogar “diretamente” na sua boca, já que eles contaminarão águas que são consumidas pelos seres humanos.

Descarte de óleo

4. Não jogue remédios no vaso sanitário

Algumas pessoas acreditam que descartar o medicamento vencido no vaso sanitário é uma brilhante solução. Dica: não é! Novamente, a rede de esgoto pode contaminar a água potável, então, quanto menos dejetos químicos, como remédios, mais fácil a sua limpeza para reutilização.

Remédio vaso sanitário

5. Cuidado com o sabão em máquinas de lavar louças e roupas

Os maiores gastadores de água em uma casa são o chuveiro e as máquinas de lavar louças e roupas. Estas últimas, entretanto, são as que mais liberam dejetos químicos de sabão, que deixam seus talheres limpíssimos e suas roupas cheirosas, na rede de abastecimento, contaminando aquilo que você ainda vai acabar consumindo. Então, já que não é possível deixar de lavar roupa ou louça, tente fazer isso de maneira mais consciente.

Máquina de lavar

6. Cuide da manutenção de seu carro

Carros com problemas de óleo vazando ou que causam poluição excessiva do ar vão acabar contaminando, também, a água que chega às torneiras das casas. Por isso, é importante manter a manutenção dos veículos sempre em dia!

Manutenção do carro

7. Consuma carnes sustentáveis

O ideal seria que a população diminuísse cada vez mais o consumo de carne, mas como isso é muito utópico, então que ao menos se saiba qual a procedência do produto que você consome. As fazendas responsáveis pelas carnes de nossa mesa costumam usar técnicas que criam toneladas diárias de lixo – algo que, felizmente, tem mudado aos pouquinhos através de criadores preocupados com o meio ambiente. Por isso, tente se informar se o produtor de sua carne é responsável e passe a valorizá-lo cada vez mais! 

Vaca

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.