Fotógrafo recria propagandas machistas invertendo gêneros

Fotógrafo recria propagandas machistas invertendo gêneros

Último Vídeo

Durante o jantar de Ação de Graças com a sua família, o fotógrafo libanês Eli Rezkallah ouviu seus tios falando que as mulheres eram melhores em limpar e cozinhar. Esta ocasião o inspirou a recriar peças publicitárias dos anos 1940, 1950 e 1960. Em sua fotografia, Eli trocou os papéis representados por mulheres por homens. 

Segundo o fotógrafo, ele sabe que nem todos os homens têm a mesma opinião de seus parentes. Contudo, ele assume que fica surpreso em ver que posicionamentos como estes ainda existem. Foi pensando nessas pessoas que Eli criou o projeto "In a Parallel Universe" (em tradução livre, Em um Universo Paralelo), onde troca o papel masculino pelo feminino na fotografia “para que eles possam provar do próprio veneno sexista”. 

Confira abaixo como eram peças originais e ao lado a fotografia recriada por Eli Rezkallah.

Gravatas Van Heusen, década de 40

"Mostre a ela que é o mundo dos homens" (Fonte: Facebook/ Eli Rezkallah)

Café Chase e Sanborn, década de 50

“Se um dia o seu marido descobrir que você não confere o frescor do café antes de comprar” (Fonte: Facebook/ Eli Rezkallah)

Cerveja Schlitz, década de 40

“Não se preocupe, amor, você não queimou a cerveja!” (Fonte: Facebook/ Eli Rezkallah)

Hardee’s, rede de restaurantes fast food, década de 40

“As mulheres não saem da cozinha” (Fonte: Facebook/ Eli Rezkallah)

Calças Mr. Leggs, 1962

“É bom ter uma garota em casa” (Fonte: Facebook/ Eli Rezkallah)

Meia calça da Chemstrand Nylon, década de 40

(Fonte: Facebook/ Eli Rezkallah)

Detergente Lux, 1956

“Saia da cozinha o quanto antes!” (Fonte: Facebook/ Eli Rezkallah)

Aspiradores Hoover, década de 50

“Na manhã de Natal, ela ficará mais feliz com um Hoover” (Fonte: Facebook/ Eli Rezkallah)

Ketchup da Alcoa Aluminiun, década de 50

“Quer dizer que até uma mulher consegue abrir?”  (Fonte: Facebook/ Eli Rezkallah)

O que você achou das mudanças que Eli Rezkallah fez em sua fotografia? Você pode acessar o site do fotógrafo para ter acesso a este e outros projetos dele.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.