De vigilante a manicuro, homem supera depressão com nova função

De vigilante a manicuro, homem supera depressão com nova função

Último Vídeo

A depressão tem se tornado comum no ambiente de trabalho. Até 2020, segundo a Organização Mundial de Saúde, o transtorno será a doença mais incapacitante do mundo, interferindo diretamente nas esferas pessoal e profissional. Robson Barbosa conheceu essa realidade ao enfrentar a depressão enquanto trabalhava como vigilante, mas conseguiu superar a enfermidade ao se tornar manicuro. 

A postura necessária para o trabalho e o distanciamento de um vigilante foram fatores decisivos para o agravamento da doença. “Como vigilante, não tinha muita conversa, no máximo eu conversava com o supervisor. Serviço era sempre à noite, ficava quieto, fazia cara de mau”, relembra Robson ao Gazeta do Povo. A situação foi se intensificando e a depressão foi diagnosticada. Após oito anos de trabalho e uma tentativa de suicídio, o homem de 42 anos decidiu largar o emprego e se cuidar.

(Fonte: Gazeta do Povo/Albari Rosa)
(Fonte: Gazeta do Povo/Albari Rosa)

Mudança de vida 

Robson começou a realizar trabalhos manuais como terapia, mas logo tomou gosto pelo universo das unhas. Foi trabalhando com sua esposa Vanessa Maceno no salão em sua garagem que o ex-vigilante encontrou sua vocação. Timidamente, começou a tirar uns esmaltes aqui, lixar unhas acolá, e em pouco tempo já era referência em meio aos manicuros. O ex-vigilante admite ter sentido uma resistência ao iniciar os trabalhos, mas logo percebeu que era besteira. As clientes atravessavam a cidade para serem atendidas por ele e, a partir daí, Robson não parou mais.

O casal já chegou a atender mais de 15 clientes no mesmo dia, alavancando os negócios pelo cuidado e profissionalismo do manicuro. A depressão foi sendo devidamente tratada e a presença de Robson cada vez mais frequente no salão. O espaço se tornou quase sua sala  terapêutica, pois uniu o contato com outras pessoas e trabalho manual. O profissional e psicológico melhoraram, assim como sua relação com Vanessa.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.