Conheça as 10 pessoas mais solitárias da história

Conheça as 10 pessoas mais solitárias da história

Último Vídeo

Em tempos de pandemia do coronavírus, muitas pessoas que moram sozinhas estão tendo de passar um longo período em casa isoladas do resto da humanidade. Mas hoje em dia é muito difícil ter uma vida completamente solitária, afinal de contas, com a internet temos muitas facilidades ao diminuir distâncias e aproximar cada vez mais as pessoas.

Entretanto, a história já nos mostrou algumas vezes que a vida nem sempre foi assim. Essa falta de contato acabou se tornando algo torturante para algumas pessoas ao longo da história. Mesmo que alguns casos demonstrem uma escolha própria, na maioria delas, tudo aconteceu contra a vontade. Mas quem são esses solitários

10. Simeão Estilita, o Antigo

(Fonte: Listverse)(Fonte: Listverse)

Este santo eremita foi canonizado logo após a sua morte. Sua história é bem curiosa, já que ele teria vivido durante cerca de 36 anos em uma coluna construída como forma de mortificação. Ele passou a vida toda em devoção à Deus, fazendo diversas penitências e se isolando de outras pessoas por escolha própria para professar sua fé e ficar o mais longe possível das tentações do mundo. 

No entanto, esse isolamento chamou atenção de diversas pessoas que passaram a visitá-lo e ele, para ficar cada vez mais longe delas, ia erguendo um pilar cada vez mais alto.

9. Blanche Monnier

(Fonte: Listverse)(Fonte: Listverse)

A francesa Blanche Monnier viveu boa parte de sua vida enclausurada dentro de casa pela própria mãe, que não aceitava sua escolha para casamento. Ao completar 25 anos, em 1874, madame Monnier a trancou no sótão e continuou vivendo como se nada tivesse acontecido. Mas em 1901, uma carta anônima chegou às autoridades que vasculharam a casa e conseguiram resgatar a mulher vivendo em uma sujeira gigantesca e pesando pouco mais de 25 kg. Embora tenha sido salva desse cativeiro familiar, ela acabou morrendo no hospital em que ficara internada, já muito fraca física e mentalmente.

8. Juliana de Norwich

(Fonte: Listverse)(Fonte: Listverse)

Um anacoreta é um tipo de pessoa que se afasta de todo o convívio humano para viver em uma solidão completa a fim de meditar integralmente em sua fé. Juliana de Norwich viveu dessa forma, no século XIV, em um quartinho isolado próximo ao altar da igreja. Na verdade, este nome foi atribuído a ela por conta da igreja em que teria passado a maior parte dos seus dias, em Norwich. Seu livro Revelações do Amor Divino é considerado o primeiro em língua inglesa a ser escrito por uma mulher por volta do ano de 1395. A religiosa Margery Kempe teria visitado a anacoreta em certa ocasião e relatado algumas das revelações maravilhosas que Deus lhe teria passado.

7. Robert Falcon Scott ou algum de seus companheiros

(Henry Bowers/Domínio Público)(Henry Bowers/Domínio Público)

Conhecido como Scott da Antártida, o oficial da marinha britânica tinha o sonho de explorar mais a fundo esse continente durante o início do século XX. A Expedição Terra Nova, ocorrida entre 1910 e 1912, teria sido a segunda em sua carreira em busca de alcançar o Polo Sul. No entanto, um rival norueguês chamado Roald Amundsen teria chegado ao local alguns dias antes. Na volta pra casa, junto de seus companheiros, os dias foram extremamente difíceis e todos eles morreram de frio. Não se sabe ao certo quem foi o último a falecer, mas com certeza essa pessoa passou seus últimos dias de vida extremamente solitário.

6. Índio desconhecido da Amazônia

(Fonte: Listverse)(Fonte: Listverse)

Em 1996, o governo brasileiro tomou conhecimento de um índio solitário que vivia na floresta Amazônica. Conforme algumas pesquisas a respeito deste índio foram avançando, foi descoberto que ele seria o último de seu povo ainda vivo. Apesar de alguns vídeos dele terem sido produzidos, nenhum contato foi feito com o indivíduo.

5. Fernão Lopes

(Fonte: Listverse)(Fonte: Listverse)

Apesar de ter participado de diversas conquistas portuguesas, o explorador acabou se convertendo ao Islã e se isolou na ilha de Santa Helena, no meio do Atlântico, quando ela ainda estava desabitada e servia apenas de ponto para alguns navios buscarem por água fresca e outros suprimentos. Durante um bom tempo de sua vida, ele morou em uma caverna, completamente sozinho, até sua morte.

4. Marguerite de la Rocque

(Fonte: Listverse)(Fonte: Listverse)

A jovem nobre francesa foi abandonada por um parente com quem sua família mantinha negócios em um lugar denominado Ilha dos Demônios enquanto os dois estavam a caminho do que hoje conhecemos como Canadá. Apesar de alguns relatos dizerem que o homem teria ficado com raiva de Marguerite por ela ter engravidado, sua maior motivação era ter sozinho a posse riquezas que ambos compartilhavam. Ela foi resgatada anos mais tarde por pescadores locais.

3. Tom Neale

(Fonte: Listverse)(Fonte: Listverse)

Este neozelandês optou por morar sozinho em uma ilha desabitada. Por várias vezes, precisou abandonar a ilha para realizar alguns tratamentos de saúde, mas sempre retornava, pois achava a vida moderna em sociedade particularmente irritante, especialmente coisas como o uso de relógio e calças. Neale morreu na ilha de Suwarrow, em 1977, por conta de um câncer de estômago. Ele tinha 75 anos. 

2. Thomas Silverstein

(Fonte: Listverse)(Fonte: Listverse)

O criminoso Thomas Silverstein se tornou famoso por passar cerca de 36 anos trancado sozinho. Inicialmente condenado à prisão por sua participação em um assalto, na cadeia acabou se envolvendo em quatro assassinatos de outros reclusos. Por causa do último deles, quando tirou a vida de um agente penitenciário, Silverstein foi mandado pra solitária e por lá permaneceu até 2019, quando morreu por causa não divulgada.

1. Alfred Worden

(Fonte: Listverse)(Fonte: Listverse)

O astronauta Alfred Worden, que faleceu em 18 de março de 2020, ficou vários dias sem contato com outros seres humanos — nem mesmo via rádio — durante a missão da Apollo 15, nos anos 1970. Embora seus colegas David Scott e James Irwin tivessem concluído a missão, Worden ainda permaneceu mais tempo na órbita lunar prestando alguns serviços.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.