Lanchonete é fechada após cliente encontrar dedo humano em esfiha

Lanchonete é fechada após cliente encontrar dedo humano em esfiha

Último Vídeo

Imagine pedir algumas esfihas para o jantar e encontrar um pedaço de dedo humano junto delas. Foi o que aconteceu com o cliente de uma lanchonete localizada na Zona Norte de São Paulo. Após reportar o ocorrido, o estabelecimento comercial acabou sendo fechado na noite de sábado (11).

(Veja/Reprodução)(Veja/Reprodução)

A Secretaria de Segurança Pública (SSP) relatou que, ao chegarem no local para averiguar a denúncia, os policiais encontraram outros clientes que também queriam reclamar do mesmo problema. "No local estavam as vítimas nas imediações do comércio e relataram que haviam solicitado a esfiha fechada por delivery, e quando foram comer, se depararam com um dedo dentro do alimento”, disseram eles.

Conversando com o dono do estabelecimento, os policiais também disseram que a justificativa dada por ele era de que um de seus funcionários, responsável por preparar as esfihas, havia decepado seu dedo durante a manipulação dos alimentos e “que procurou, mas não achou e foi encaminhado ao hospital.”

O dedo perdido

O cozinheiro afirmou à polícia que o acidente teria ocorrido na quarta-feira (8) e que já havia recebido alta do hospital, tomando todos os cuidados necessários em casa. Ele também contou que voltou ao seu local de trabalho para procurar novamente seu dedo perdido, mas não obteve sucesso. O acidente ocorreu enquanto ele cortava calabresa, com um equipamento específico para a realização desta tarefa.

Imagine pedir esfihas para o jantar e encontrar um dedo dentro de uma delas. (Pixabay/Reprodução)Imagine pedir esfihas para o jantar e encontrar um dedo dentro de uma delas. (Pixabay/Reprodução)

Segundo o que foi apurado, o dono da lanchonete manteve o estabelecimento fechado até a última sexta-feira (10), por conta do ocorrido. No entanto, as consequências desse fato bizarro podem ser severas para os responsáveis. Por enquanto, todos os alimentos do local foram apreendidos e deverão ser encaminhados aos peritos do Instituto de Criminalística. Já o dedo encontrado dentro da esfiha será analisado pelo Instituto de Medicina Legal para confirmar a versão dada pelos responsáveis do caso.

Além dessas medidas, uma equipe de peritos deve checar as condições sanitárias do local, junto de fiscais especializados. O caso vai ser investigado pelo 9º Departamento Policial de São Paulo, também conhecido como Carandiru. Ele pode se enquadrar como crime contra as relações de consumo, pois, mesmo com a comprovação do acidente, provocou risco de intoxicação alimentar contra seus clientes. Além disso, também o crime de lesão corporal culposa, devido ao funcionário que perdeu o dedo em local de trabalho.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.