O 'Pontiac Fantasma' foi o primeiro carro transparente americano

Construído em 1939 por uma parceria inédita entre a General Motors e a Rohm and Hass, empresa que inventou o plástico acrílico, o "Pontiac Fantasma" foi o primeiro carro transparente construído integralmente em território americano. Ele não marca apenas uma das maravilhas perdidas pelo mundo, mas também um significativo avanço nas tecnologias de fabricação de veículos que foram base para o desenvolvimento dos automóveis modernos.

Avaliado em US$ 25 mil na época, o modelo transparente teve como base desenhos do Pontiac Touring Sedan projetados pela Rohm and Hass. Porém, a companhia não apenas utilizou folhas de acrílico em seu exterior, mas também um metal especial banhado em cobre, além de técnicas de cromagem no painel, ferragens e em outros componentes. Além disso, os pneus foram reforçados com uma borracha branca, o que deu uma tonalidade atraente e única ao carro.

(Fonte: General Motors/Reprodução)(Fonte: General Motors/Reprodução)

“Criado para mostrar o reforço interno rígido e outras características completas, conta com janelas que podem ser levantadas e abaixadas, além de portas que podem ser abertas e fechadas. O único material que falta é o isolamento normalmente aplicado na superfície interna, utilizando outro material em seu lugar, um plástico sintético transparente”, disse a General Motors, em comunicado de lançamento do veículo em 1939.

(Fonte: General Motors/Reprodução)(Fonte: General Motors/Reprodução)

O carro transparente foi produzido para uma exibição ocorrida no ano de sua estreia, durante a Feira Mundial de Nova York. Posteriormente, em 1940, o "Fantasma" foi levado novamente ao evento, mas com um visual repaginado e algumas de suas estruturas renovadas.

Um novo colega

Em 1940, logo após a exibição na feira, um segundo Pontiac transparente também foi revelado, sendo mostrado iniciantemente na Exposição Golden Gate. Foi assim que os dois veículos de acrílico passaram a peregrinar pelo continente e a marcar presença em diversas outras exposições, sendo destaque no material promocional da Pontiac.

Em 2011, o carro transparente de 1939 foi leiloado por US$ 308 mil (quase R$ 2 milhões), um valor e tanto, mas que com certeza vale a pena pela sua raridade.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.