Seja o primeiro a compartilhar

5 famosos que perderam grana e trabalho com polêmicas na mídia

É impressionante como as pessoas não conseguem às vezes conter seus pensamentos preconceituosos ou odiosos nas mídias sociais. Quando se trata de um famoso ou famosa, o bicho costuma pegar. No bolso.

1. Gabriela Pugliesi

Fonte: Gabriela Pugliesi/Instagram/ReproduçãoFonte: Gabriela Pugliesi/Instagram/Reprodução

Gabriela Pugiesi, uma blogueira fitness brasileira que se notabilizou por compartilhar dicas saudáveis de alimentação e atividades físicas, resolveu, em plena pandemia, ironizar a covid-19, o que irritou bastante seus seguidores. Ela pediu desculpas, mas não foi o bastante para evitar a perda de contratos com as marcas HOPE, Baw, Body For Sure, Desinchá, Rappi, entre outras. Seu Instagram foi desativado.

2. Danny Baker

Fonte: BBC/ReproduçãoFonte: BBC/Reprodução

Danny Baker é um comediante, roteirista, jornalista, DJ e agora ex-apresentador da BBC Radio 5 Live, onde tinha um programa de grande sucesso na Inglaterra. Sua falha? Publicar nas redes sociais, durante o polêmico rompimento do casal Harry e Meghan Marlkle com a família real, uma foto em preto e branco de um casal com um chimpanzé, e a legenda “bebê real deixa o hospital”.

3. Júlio Cocielo

Fonte: Folha/Uol/ReproduçãoFonte: Folha/Uol/Reprodução

O humorista, ator e youtuber brasileiro Júlio Cocielo ficou conhecido pelos seus vlogs, até que teve a ideia de tuitar: “Mbappé conseguiria fazer uns arrastão (sic) top na praia hein”. Tido como racista, o comentário atraiu a fúria de vários artistas que iniciaram o “cancelamento” de Cocielo. Ele acabou perdendo importantes contratos como a Coca-Cola, Itaú, Adidas e Submarino. Após pedir desculpas aos fãs, ele retornou às mídias.

4. Hartley Sawyer

Fonte: CW/DivulgaçãoFonte: CW/Divulgação

Apesar de interpretar o Homem-Elástico na série The Flash, o ator Hartley Sawyer não teve flexibilidade para fazer comentários no Twitter. O resultado foi um bando de afirmações consideradas racistas, machistas e homofóbicas, que acabaram lhe custando o emprego, após grande repercussão negativa entre os internautas. A CW anunciou que ele está fora da 7ª temporada, que começou no início deste mês.

5. Karol Conká

Fonte: TV Globo/ReproduçãoFonte: TV Globo/Reprodução

Parecia que a rapper, cantora, compositora, produtora, apresentadora e atriz curitibana Karol Conká estava no melhor dos mundos ao entrar no reality-show Big Brother Brasil da TV Globo. No entanto, sua postura agressiva com o participante Lucas Penteado foi considerada bullying e tortura psicológica pelos telespectadores. A rapper acabou perdendo seu programa no GNT, além dos cancelamentos de shows.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.