04
Compartilhamentos

4 locais que ficaram conhecidos pelo acúmulo de cadáveres humanos

Enquanto muitas paisagens e cartões-postais no planeta exibem o impressionante poder da natureza ou uma notória ação humana, outros locais se destacam por contar um passado sombrio, trazendo trágicas narrativas sobre mortes e outros eventos dramáticos que resultaram na formação de verdadeiros cemitérios contendo pilhas de corpos e registros fósseis que reforçam os perigos que atravessaram o cenário.

Confira abaixo alguns desses assentamentos e locais históricos que foram marcados pela escuridão e pelo acúmulo de cadáveres.

1. As catacumbas de Paris

Com aproximadamente 400 km de extensão, o ossuário subterrâneo em Paris, com origem datada da época da ocupação romana na cidade, abriga incontáveis cadáveres que se acumularam no local durante o século XVIII, quando a França viu seus cemitérios transbordarem após mais de 6 milhões de mortes registradas. Hoje, o local é atração turística e já chegou a ser referência em filmes de terror, inspirados por um passado assustador para a humanidade.

2. Pompeia

Em 79 d.C., a erupção do vulcão Vesúvio sepultou completamente a cidade romana de Pompeia, que sofreu com uma queda de quase seis horas ininterruptas de fragmentos de rocha sólida. Apesar de a grande maioria da população ter conseguido escapar a tempo, centenas de pessoas foram soterradas e tiveram seus corpos moldados pelas cinzas, resultando em um sítio arqueológico dramático que conta um dos eventos mais tristes da história italiana.

3. Monte Everest

Você com certeza já deve ter escutado em filmes a expressão "muitos foram, mas poucos voltaram com vida". Essa é a ideia por trás das fatalidades registradas no Monte Everest, locai que anualmente atrai dezenas de exploradores e aventureiros que desejam alcançar o topo de mais de 8,8 quilômetros de altitude. Em pouco mais de 60 anos, mais de 300 alpinistas morreram na escalada, sendo consumidos por adversidades climáticas, instabilidades e defeitos de equipamento. Até hoje, muitos corpos continuam desaparecidos.

4. Floresta do Suicídio

A Floresta Aokigahara, popularmente conhecida como Floresta do Suicídio, se destaca por ser extremamente silenciosa e rodeada de lendas sobre demônios, fantasmas e outros tipos de entidades sobrenaturais. Apenas em 2010, mais de 50 pessoas cometeram suicídio no local, e hoje o marco é ocupado por mensagens motivacionais e textos de compaixão para que as pessoas possam reconsiderar suas ações.

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.