02
Compartilhamentos

Cães com nariz comprido: conheça 4 raças

Cães com nariz longo podem ser sinônimo de elegância e nobreza, ou considerados desajeitados, ou antipáticos. Gostando ou não, o que não se pode negar é que eles representam anos de evolução artificial. O termo certo para identificá-los é dolicocéfalo, palavra usada para distinguir animais com crânio alongado.

Por apresentarem grande habilidade de farejar e encontrar outros animais e diversas substâncias, a maioria foi criada para a caça. Hoje, são valiosos em operações policiais, mas também são ótimos companheiros para se ter em casa, fazer companhia e praticar exercícios (já que, geralmente, são dotados de muita capacidade física).

Conheça, a seguir, quatro raças de cachorros com nariz comprido:

1. Bull Terrier

A cara pode disfarçar a personalidade amável desses cães. (Fonte: Pixabay)A cara pode disfarçar a personalidade amável desses cães. (Fonte: Pixabay)

De aparência quase inconfundível com cabeça em formato de ovo e corpo musculoso, o Bull Terrier é resultado do cruzamento entre o antigo Buldogue e o English White Terrier. Esse experimento aconteceu em 1860. 

Os Bull Terriers têm porte médio, pesando de 22 a 38 kg quando adultos. Sua força é aparente e precisam gastar energia com exercícios e latidos constantes. Podem até parecer sérios, porém são dóceis e se apegam facilmente à família. 

2. Cão-de-santo-humberto

Apesar de tranquila, raça é extremamente inteligente e habilidosa. (Fonte: Pixabay)Apesar de tranquila, raça é extremamente inteligente e habilidosa. (Fonte: Pixabay)

Proveniente da Inglaterra e da Bélgica, seu nome é dado por conta do mosteiro onde era criado, em que o bispo São Humberto, conhecido como padroeiro dos caçadores, habitava. Também é conhecido como bloodhound, por reconhecer facilmente animais pelo cheiro de sangue ("blood", em inglês significa "sangue" e "hound", cão de caça).

O Cão-de-santo-humberto pode atingir até 70 cm e 50 kg. Ele é conhecido pela timidez, higienização e vigilância, além de sua fidelidade e companheirismo. Não pode ser considerado um cão de guarda, já que é tranquilo e receptivo. No entanto, é presente em operações policiais que envolvem buscas e resgates.

3. Dobermann

Dobermanns podem ser considerados oficialmente Dobermanns podem ser considerados oficialmente "cães de guerra". (Fonte: Pexels)

Esse cão conhecido pelo grande porte, ferocidade e até mesmo crueldade é do mesmo grupo dos pequenos e incontroláveis pinschers. Proveniente da Alemanha, a raça é uma das mais novas no mundo. Foi criada  no século XIX pelo coletor de impostos alemão Karl Friedrich Louis Dobermann especialmente para proteção.

As características dos dobermanns fazem deles ideais para combates. Não é para menos que estiveram presentes nas duas Guerras Mundiais e são os cachorros oficiais da Marinha Americana. Alguns também foram estrelas de filmes de ação.

4. Rough Collie

Além da aparência refinada, a raça tem uma personalidade digna de filme. (Fonte: Unsplash)Além da aparência refinada, a raça tem uma personalidade digna de filme. (Fonte: Unsplash)

A raça ganhou as telas de cinema com as várias versões do filme Lassie, que tem como "atriz" principal uma cadela de pelos longos dessa linhagem com origem na Escócia e descendente de cães pastores. Historicamente, Rough Collies vivem em campos ou fazendas com gados.

Ao longo do tempo, porém, eles se adaptaram a diversos ambientes e ganharam famílias com sua lealdade e vigilância. Já a aparência exuberante dá trabalho: é preciso escová-los frequentemente.

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.