Dia do ciclista: as 6 melhores cidades no mundo para pedalar

O Dia Nacional do Ciclista é comemorado no dia 19 de agosto em homenagem ao ciclista brasiliense Pedro Davison, que foi vítima de um acidente de trânsito em 2006 enquanto pedalava. A data é um marco para um dos meios de transportes mais comuns no país e que mais contribuem para o desenvolvimento sustentável.

Mesmo assim, não são todas as cidades que apresentam a infraestrutura necessária para abrigar seus ciclistas com segurança, e será que você sabe quais são os melhores lugares no mundo para se viver com uma bicicleta? Nós listamos possíveis destinos para você conhecer no futuro e dar um rolêzinho de bike. Olha só.

1. Copenhague (Dinamarca)

(Fonte: Pixabay)(Fonte: Pixabay)

Os números já dizem tudo: 62% dos habitantes de Copenhague usam bicicleta para ir à escola ou ao trabalho. Os ciclistas da capital dinamarquesa, somados, pedalam em média 1,44 milhão de quilômetros por dia. O investimento per capita em infraestrutura para ciclismo é de US$ 45. Tá bom ou quer mais?

A verdade é que a Dinamarca é um excelente lugar para um ciclista morar, e diversas políticas públicas são voltadas para maior conforto e segurança de quem usa bicicleta no dia a dia. Vale a pena conferir se você tiver a chance.

2. Amsterdã (Holanda)

(Fonte: Pixabay)(Fonte: Pixabay)

A Holanda não é conhecida apenas como terra das flores e dos moinhos de ventos. Amsterdã, por exemplo, tem grandes planos para ajudar o ciclismo na cidade. Para 2022, a capital holandesa anunciou o plano de aumentar os locais para o estacionamento de bicicletas e também expandir a infraestrutura existente. Com cerca de 11 mil novos habitantes por ano, a cidade planeja dar espaço para que mais pessoas optem por utilizar bicicletas no cotidiano e façam parte do estilo de vida local.

3. Montreal (Canadá)

(Fonte: Pixabay)(Fonte: Pixabay)

Saindo da Europa para a América do Norte, o Canadá é outro país que adora investir em seus ciclistas. Quando o assunto é investimento em infraestrutura, os canadenses sabem o que fazer. Nas últimas décadas, a cidade de Montreal chegou a construir mais de 600 km de ciclovias espalhadas por todas as regiões. Além disso, o município realiza um festival de bikes todos os anos, onde os ciclistas de todas as gerações podem pedalar pelas ruas locais exibindo seu apreço pelo veículo de duas rodas.

4. Estrasburgo (França)

(Fonte: Pixabay)(Fonte: Pixabay)

Não são só as grandes cidades que ligam para os seus ciclistas. Estrasburgo, casa do tradicional Le Tour de France, é uma das cidades mais famosas do mundo no quesito bicicletas. Apesar do amor pelo ciclismo fazer parte da reputação francesa, essa pode ser considerada a cidade mais "pedalável" do mundo. Aqui, os turistas podem desfrutar de 560 km de ciclovias e 360 km de vias duplas com espaços para bicicletas, tudo isso com uma inacreditável vista natural em volta. Não é de se jogar fora, né?

5. Antuérpia (Bélgica)

(Fonte: Wikimedia Commons)(Fonte: Wikimedia Commons)

Outra não capital que vai sempre bem nas listas de cidades excelentes para a prática do ciclismo é a Antuérpia, na Bélgica. A cidade é comprometida com um programa que inclui o fomento às ciclovias, estacionamento para bicicletas, programas de compartilhamento de veículos e até mesmo promete diminuir a velocidade de 95% das vias para 30 km/h.

Atualmente, existem diversas ciclovias espalhadas pelo local para você explorar os castelos da cidade e desfrutar de outros pontos turísticos da região. Vale a pena conferir!

6. Tóquio (Japão)

(Fonte: Pixabay)(Fonte: Pixabay)

Para finalizar a lista, o 6° lugar fica reservado para um exemplo asiático de mobilidade urbana: Tóquio. A cidade é uma das maiores do mundo e casa para milhões de ciclistas que usam suas bikes para absolutamente qualquer deslocamento. Cerca de 14% dos moradores de lá usam a bicicleta diariamente.

Além disso, são vários os estacionamentos de bicicletas e programas de compartilhamento de veículos espalhados pela cidade. Os turistas podem aproveitar para dar um passeio em duas rodas sem maiores preocupações. 

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.