Os 10 itens leiloados mais caros da História
90
Compartilhamentos

Os 10 itens leiloados mais caros da História

Último Vídeo

Um leilão é caracterizado por conduzir a alta do valor de determinados itens, e esse aumento não tem limites, variando de acordo com o que os licitantes estão aptos a pagar. Mas, quando uma obra de arte ou um objeto único sobe muito além do que é previsto, isso conduz para que os participantes bem remunerados fiquem instigados a pagar mais e mais.

A venda de determinados itens pode chegar a preços exorbitantes e, obviamente, somente quem tem muito dinheiro é que participa da disputa. Conheça agora os 10 maiores leilões da história, objetos que entraram para a lista de ouro dos mais caros. E você? Se tivesse tanto dinheiro, arrecadaria qual dos itens?

Três Estudos de Lucian Freud

Em 2013, a pintura “Três Estudos de Lucian Freud”, de Francis Bacon, idealizada em 1969, foi arrematada por US$ 142.405 milhões de dólares. Ela superou o recorde que pertencia à pintura “O Grito”, de Edvard Munch. Esse foi vendido por US$ 119 milhões de dólares, em 2012.

Cão do Balão

Enquanto a pintura de Bacon estabeleceu o recorde para uma obra de arte, a escultura de Jeff Koons, intitulada “Cão do Balão” detém o recorde de um artista vivo. A obra tem 10 metros de altura e superou as estimativas, sendo vendida por U$ 58 milhões de dólares.

Tapete persa

Um tapete persa, do século 17, foi doado, em 1925, para a Galeria de Arte Corcoran, por William A. Clark, senador dos Estados Unidos. Esse mesmo tapete foi vendido por U$ 33,7 milhões de dólares através de um leilão realizado em Nova York, em junho de 2013. Ele teve um preço cerca de três vezes maior do que o tapete recordista anterior.

Sonho cor-de-rosa

Um licitante tornou-se o dono de um diamante cor-de-rosa de 59,60 quilates, conhecido como “Estrela Rosa”, após pagar US$ 83 milhões de dólares. O leilão aconteceu em Genebra e estabeleceu o recorde de maior quantidade de dinheiro pago em uma pedra preciosa. Ele possui o mais alto e puro grau para a cor dos diamantes.

Mercedes-Benz W196 1954

Um carro de corrida Mercedes-Benz W196, de 1954, foi vendido em um leilão no Festival de Velocidade de Goodwood, em julho de 2013, por US$ 29,7 milhões de dólares. Ele é considerado um dos carros da Era de Ouro da Fórmula 1 e foi dirigido por Juan Manuel Fangio, de acordo com o New York Times.

Action Comics nº 1

A Action Comics nº 1, gibi raro que marcou a primeira aparição do Superman, foi arrematada por US$ 2.160 dólares em um leilão, em 2011. A revista foi roubada em 2000 e recuperada dez anos mais tarde, em um armário de um sebo, em Los Angeles.

Atum do Atlântico

Um atum azul pesando cerca de 222 quilos foi comprado por U$ 1,8 milhão de dólares em um leilão no início de 2013, realizado no mercado de peixes de Tsukiji, no Japão. Ele conseguiu três vezes o preço do recordista anterior.

Leica 35 milímetros de 1923

E a recordista da vez é uma câmera Leica de filme 35 mm, datada de 1923. Foram lançadas apenas 25 delas e é praticamente um objeto de arte. Em um leilão realizado em Viena, na Áustria, um exemplar foi arrematado por US$ 2,8 milhões de dólares.

Pombos-Correio

Pombos podem não valer um centavo para muitas pessoas, mas pombos-correio são outra história. Um criador belga vendeu um pássaro chamado de Bolt (em homenagem ao jamaicano velocista Usain Bolt) por US$ 400 mil dólares, através de um leilão. Este homem, com certeza, não acha que pombos são pragas.

Dinossauros duelando

Este item ainda não foi leiloado, mas estima-se que o fóssil de dois dinossauros em uma luta de vida ou morte possa arrecadar até US$ 9 bilhões de dólares. Ele foi encontrado em Montana, em 2006, e está muito bem preservado, incluindo até mesmo fragmentos de pele. Os dinossauros são um tyrannosaurid e um triceratops.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.