Espada do século 13 com inscrição misteriosa intriga historiadores
2.014
Compartilhamentos

Espada do século 13 com inscrição misteriosa intriga historiadores

Último Vídeo

Dê uma boa olhada na espada acima. Você reparou que ela traz uma série de letras gravadas ao longo da lâmina? A arma foi descoberta no Rio Witham em Lincolnshire, na Inglaterra, em 1825, e análises revelaram que se trata de uma peça do século 13, ou seja, da mesma época em que a Magna Carta foi redigida.

Feita de aço, a espada pesa cerca de 1,2 quilo, mede 96,4 centímetros de comprimento e tem lâmina de dois gumes. A arma conta ainda com punho em formato de cruz e é semelhante a muitas outras que aparecem em gravuras de manuscritos da Idade Média ou que já foram encontradas pela Europa. Além disso, a inscrição misteriosa vem intrigando especialistas e historiadores há mais de um século.

Sopa de letras

De acordo com Danny Lewis, do portal Smithsonian.com, as letras se encontram gravadas em uma das faces da lâmina e foram incrustadas com fios de ouro. Outra característica incomum são dois sulcos que percorrem a longitude da espada até o guarda-mão, e esse aspecto, juntamente com a aparência das letras, levaram alguns especialistas a especular sobre a possibilidade de a arma ser de origem viking.

A inscrição parece trazer a sequência “+NDXOXCHWDRGHDXORVI+”, mas, segundo Lewis, como o idioma no qual ela foi redigida — se é que não se trata de um código — é desconhecido, ninguém conseguiu descobrir o significado da mensagem. Especialistas que avaliaram a espada dizem que ela provavelmente pertenceu a um nobre ou cavaleiro abastado, e eles acreditam que a inscrição possa ter significado religioso.

Possível explicação

Segundo Elizabeth Palermo, do portal Live Science, apesar da suspeita de que a espada possa ter origem viking, ela provavelmente foi produzida na Alemanha, que era o centro de fabricação de lâminas na Europa. Além disso, essa não é a primeira arma com inscrições encontrada no continente europeu, já que outros tantos exemplares foram descobertos em países como Suécia, França, Polônia e Países Baixos.

De acordo com pesquisadores da Universidade de Uppsala, na Suécia, antes de o cristianismo se espalhar pela Europa, os povos que ocupavam a região que hoje corresponde à Alemanha costumavam gravar runas nas lâminas de suas espadas, machados e outras armas. Essa prática era empregada para garantir proteção e dotar as peças que seriam usadas nas batalhas com poderes especiais, e é possível que o costume tenha persistido até a Idade Média.

Ajuda

Segundo Lewis, a espada pertence ao Museu Britânico, mas foi emprestada à Biblioteca Britânica por ocasião de uma exposição organizada para celebrar os 800 anos da Magna Carta. E o pessoal da biblioteca, intrigado com a inscrição na lâmina, pediu a ajuda do público para tentar decifrar a mensagem gravada nela.

Várias pessoas se manifestaram com respeito à inscrição, e muita gente apresentou possíveis teorias sobre o que a sequência significa. Um dos “participantes” do debate proposto pela biblioteca — Marc van Hasselt, da Universidade Utrecht, na Holanda — sugeriu o que o idioma utilizado possivelmente seja o latim, e que as letras sejam as iniciais de cada palavra que compõe a mensagem.

Assim, “NDXOX” poderia significar Nostrum Dominus ou Nomine Domini — ou nosso Senhor e o nome do nosso Senhor, respectivamente —, e as letras "XOX” talvez se refiram à Santa Trindade, por exemplo. No entanto, tudo não passa de suposição e ninguém sabe o que a inscrição significa, e é provável que o mistério jamais seja solucionado. E você, gostaria de tentar decifrá-la?

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.