O medo de agulhas é algo que afeta muita gente e, inclusive, existem estudos sobre o que fazer para sofrer menos na hora de tomar uma injeção. Porém, o problema com as agulhas não está relacionado apenas ao medo. Apesar de todo o controle e cuidados, diversas doenças ainda são transmitidas acidentalmente através delas.

A boa notícia, de acordo com o MIT — Massachusetts Institute of Technology —, é que as injeções com agulhas podem estar com os dias contados. Cientistas do departamento de engenharia mecânica do instituto desenvolveram um dispositivo que permite que medicamentos sejam injetados sem o uso de agulhas, através do uso da energia magnética.

A nova tecnologia cria um jato de pressão que provoca uma minúscula abertura na pele, do diâmetro da probóscide de um mosquito — estrutura que eles utilizam para picar —, através da qual o medicamento é enviado à corrente sanguínea. Além disso, as substâncias injetadas não precisam estar em suas formas líquidas, pois o dispositivo também permite que medicamentos na forma de pó sejam aplicados.

O vídeo acima explica detalhadamente como o novo dispositivo funciona, com imagens e gráficos. Para ativar as legendas, basta você clicar sobre o botão “cc” do menu.

Fonte: Massachusetts Institute of Technology