A assombrosa Ilha das Bonecas parece ter saído direto de um pesadelo

A assombrosa Ilha das Bonecas parece ter saído direto de um pesadelo

Último Vídeo

Para quem curte atrações turísticas macabras e está pensando em fazer uma viagem internacional no fim da pandemia, temos um destino ideal: a assombrosa Ilha das Bonecas, que como o nome já diz, conta com possivelmente milhares destes brinquedos pendurados em suas árvores, em estado profundo de decomposição e até mesmo sem cabeça e outros membros.

Localizado a 17 quilômetros da Cidade do México através de uma viagem de barco, o lugar conta com uma lenda muito peculiar. Aparentemente, a primeira boneca teria sido pendurada durante a década de 50, quando seu único habitante, Don Julián Santana Barrera encontrou o objeto junto com o cadáver de uma menina que havia se afogado.

(Fonte: Youtube/Reprodução)
(Fonte: Youtube/Reprodução)

Barrera, que era muito religioso e supersticioso, teve medo que o espírito da garota passasse a assombrar a ilha, e decidiu pendurar o item em uma árvore como uma oferenda para apaziguar sua alma, um costume que ele carregou até sua morte.

(Fonte: La Isla de Las Muñecas/Reprodução)
(Fonte: La Isla de Las Muñecas/Reprodução)

Para manter a fantasma contente, o homem começou a resgatar outros bonecos que encontrava flutuando no canal e jogados no lixo, para depois pendurá-los por todo o local da forma que estavam. Além disso, ele também mantinha uma cabana cheia destas figuras, e as vestia com diversos acessórios diferentes, como óculos escuros e cocares.

Conforme sua história começou a se espalhar, pessoas curiosas decidiram visitar a ilha, sendo recebidas de braços abertos por Don Julián que cobrava uma pequena taxa pela visita guiada.

(Fonte: La Isla de Las Muñecas/Reprodução)
(Fonte: La Isla de Las Muñecas/Reprodução)

Porém, mesmo com toda a dedicação para acalmar a garotinha, as coisas não terminaram bem para o ilhéu. Alguns afirmam que ela o assombrava cada vez mais, sussurrando no meio da noite que queria sua boneca de volta. 

No fim, não há como saber se essas aparições foram reais ou não, mas ele foi encontrado morto em 2001, tendo se afogado na mesma área na qual encontrou o corpo há quase 50 anos antes.

(Fonte: La Isla de Las Muñecas/Reprodução)
(Fonte: La Isla de Las Muñecas/Reprodução)

Atualmente, a atração macabra está sob os cuidados do sobrinho de Barrera, Anastasio Santana Velasco, e agora inclui um pequeno museu construído na ilha, com recortes de jornais e a boneca favorita do falecido, que se chama Agustinita.

Para quem se interessou, o passeio está saindo por US$ 75 (R$ 403), mas é preciso avisar: os habitantes de locais próximos acreditam que não só os espíritos dos brinquedos ganham vida e sussurram durante a noite, como o próprio Don Julián continuou ali, assombrando e cuidando da estranha Ilha das Bonecas… E aí, você encararia esta aventura?

(Fonte: La Isla de Las Muñecas/Reprodução)
(Fonte: La Isla de Las Muñecas/Reprodução)
Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.