A incrível história da criança indiana que viveu duas vidas

Reencarnação é um assunto debatido até os dias de hoje. Afinal, o que acontece depois da morte? Segundo Shanti Devi, uma criança indiana que viveu na década de 1930, a reencarnação é um fato consumado.

Assim que começou a aprender a falar, Shanti começou a contar histórias de sua vida passada em uma cidade que nem ela e nem ninguém da sua família esteve antes.

A criança eventualmente informou aos seus pais que seu nome costumava ser Ludgi e que ela morreu após o nascimento do seu filho em outubro de 1925, chegando a dar detalhes específicos sobre a dor que sentiu durante o parto.

Quando ela revelou o nome do seu antigo marido, a família da garota ficou em choque ao descobrir que ele ainda estava vivo e morava na cidade que Shanti tinha dito anteriormente. Um encontro foi marcado entre os dois e os resultados nem a ciência poderia explicar.

As memórias de Shanti Devi como Ludgi

Fonte: Pittsburgh Sun-Telegraph/ReproduçãoFonte: Pittsburgh Sun-Telegraph/Reprodução

Nascida em 11 de dezembro de 1926, Shanti Devi tinha quatro anos de idade quando começou a compartilhar detalhes de sua vida passada como Ludgi na cidade de Mathura. Além de lembrar particularidades do local, a criança também falava sobre o seu marido. Apesar de as memórias serem ricas, os pais da menina acreditavam ser apenas uma brincadeira de criança

Com 9 anos, a garota revelou que o nome do marido era Kedar Nath, e um amigo da família decidiu investigar o caso. Ele enviou uma carta para um mercador de mesmo nome em Mathura com perguntas sobre as memórias de Shanti. Para a surpresa de todos, Nath confirmou todos os detalhes.

Para testar seus conhecimentos, Nath enviou um parente seu para se encontrar primeiro com Shanti. Ela logo reconheceu a pessoa como o primo do marido. Quando o mercador e seu filho de dez anos resolveram aparecer, a menina encheu os olhos de lágrimas. Nath fez várias perguntas para ela, que acertou todas as respostas.

A incrível história chamou a atenção até de Mahatma Gandhi, que reuniu várias pessoas para investigar o caso.

Seu retorno para Mathura com os investigadores

Fonte: Wikimedia Commons/DivulgaçãoFonte: Wikimedia Commons/Divulgação

Segundo um dos investigadores, assim que chegou na cidade, a garota foi colocada no banco da frente do carro, onde ela direcionou todos para sua antiga casa. Durante o caminho, ela chegou a apontar algumas mudanças nas ruas, como pavimento e prédios novos, o que o motorista confirmou. A menina também conseguiu identificar os pais de Ludgi no meio de 50 pessoas.

Shanti Devi faleceu em 1987 com 61 anos de idade. Ela nunca se casou e viveu uma vida quieta e espiritual em Delhi.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.