Transtorno leva mulher a realizar o sonho de se tornar cega
457
Compartilhamentos

Transtorno leva mulher a realizar o sonho de se tornar cega

Último Vídeo

Você já imaginou como seria a sua vida se você fosse cego? Provavelmente muita coisa seria diferente, ainda mais se você adquiriu essa condição ao longo de sua vida, ou seja, depois de experimentar a sensação de enxergar. Enquanto muita gente acha essa ideia assustadora, existe uma mulher norte-americana que sempre sonhou em perder a visão – e conseguiu!

Jewel Shuping, de 30 anos, moradora do estado da Carolina do Norte, diz que sempre desejou ser cega. Segundo os médicos, ela sofre de apotemnofilia, também conhecido como Transtorno de Identidade de Integridade Corporal (TIIC). Quem sofre disso só se sente “completo” se imaginar que alguma parte ou função do seu corpo simplesmente não existe.

No caso de Jewel, era a visão. Já na infância, ela se sentia muito mais confortável quando pensava que era cega. Na adolescência, ela usava óculos escuros tão grossos que realmente dificultavam sua visão. Aos 20 anos, Jewel era fluente em braile – a escrita específica para pessoas com deficiência visual. Nessa época, ela passava a maior parte do tempo fingindo a cegueira.

Aos 20 anos, Jewel já era fluente em braile

Em 2006, esse desejo atingiu seu ápice, a ponto de ela conseguir o apoio de um psicólogo para realizá-lo. Com ajuda de um colírio ultrapotente e de drenos, ela começou um processo para se tornar, efetivamente, cega. O processo todo demorou cerca de seis meses. A automutilação terminou com a necessidade de remoção de um globo ocular – e o que restou desenvolveu glaucoma e catarata.

Você acha isso muito ruim e absurdo? Jewel achou maravilhoso! “Eu realmente acho que é assim que eu deveria ter nascido. Mas quando não existe ninguém à sua volta que pensa da mesma maneira, você até chega a imaginar que está pirando. Só que eu não acho que eu seja louca – apenas tenho um transtorno”, disse a mulher ao canal televisivo Barcroft.

A empreitada, porém, não foi bem aceita por sua mãe e por sua irmã. No começo, as duas acharam que Jewel havia desenvolvido a cegueira naturalmente. Porém, ambas cortaram relações com ela quando descobriram a verdade. Isso não alterou muita coisa na vida de Jewel: ela conta que nunca esteve tão feliz!

***

Você já imaginou como seria a sua vida sem alguma parte de seu corpo? Qual delas você gostaria de retirar? E falamos de órgãos funcionais – nada de dizer que queria se livrar das gordurinhas, afinal, isso é mais uma situação estética e de saúde do que de apotemnofilia.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.