15 fatos e dicas sobre a assustadora paralisia do sono
1.922
Compartilhamentos

15 fatos e dicas sobre a assustadora paralisia do sono

Último Vídeo

1 – O que é

Fonte da imagem: Giphy

A paralisia do sono é o que ocorre quando a pessoa está com os músculos paralisados, como costuma ficar enquanto dorme profundamente, mesmo depois de já ter acordado. Ainda assim, ela pode acontecer quando se está pegando no sono. Por causa disso, não é possível se mexer e, obviamente, quem experimenta esses sintomas afirma que eles são terrivelmente assustadores.

2 – Alucinações

Fonte da imagem: Giphy

Um fator curioso a respeito dos relatos de quem tem ou teve a paralisia do sono é que a maioria das pessoas – 75% delas, de acordo com uma pesquisa publicada em 1999 – dizem que viram alucinações ou acreditam que fizeram algum tipo de contato alienígena.

3 – A fala é também interrompida

Fonte da imagem: Giphy

A paralisia do sono não apenas faz com que as pessoas não consigam sair de suas camas, mas também as impede de falar na maioria das vezes, o que torna a experiência ainda mais assustadora.

4 – Padrão de alucinação

Até mesmo as alucinações provocadas pela paralisia seguem certo padrão, afinal há muitos relatos semelhantes de pessoas que afirmam ter enxergado sombras demoníacas em seus quartos, vultos sentados ao pé da cama, fantasmas de olhos vermelhos e por aí vai.

5 – Dissociação

Fonte da imagem: Giphy

Em alguns casos, a paralisia do sono também provoca a sensação de dissociação corporal, que é quando a pessoa tem a sensação de que está flutuando sobre o próprio corpo ou simplesmente não se identifica com ele em nenhum aspecto.

6 – É uma questão física, não espiritual

Fonte da imagem: Giphy

Ainda que os relatos de quem já acordou paralisado sejam assustadores, é preciso entender que a paralisia do sono é um evento biológico, não sobrenatural.

7 – Frequência

Fonte da imagem: Giphy

A paralisia pode ser recorrente, assim como pode acontecer apenas de vez em quando ou uma vez só. É preciso entender que algumas mudanças de hábito podem ser feitas para evitar episódios futuros, especialmente em pessoas com ansiedade, depressão e outras condições mentais. Da mesma maneira, medidas podem ser tomadas para se livrar da paralisia quando ela chegar.

8 – É preciso relaxar

Fonte da imagem: Giphy

Por mais assustador que seja, se um dia você acordar sem conseguir se mexer nem falar, não force os movimentos e, se possível, relaxe. Tentar levantar à força só vai aumentar a paralisia em si e o seu nervosismo, o que pode desencadear experiências emocionais bastante desconfortáveis e intensas. Controlar o medo é a melhor coisa a ser feita.

9 – Ter consciência sobre a paralisia do sono é fundamental

Fonte da imagem: Giphy

Reconhecer a paralisia do sono e, no caso de uma ocorrência, ter a consciência de que está passando por ela é fundamental para que a pessoa volte a se movimentar normalmente e fique menos tempo paralisada.

10 – A tática dos dedos dos pés

Fonte da imagem: Giphy

Uma tática que funciona para muitas pessoas é tentar mexer os dedos dos pés. Isso é útil porque a paralisia faz com que a pessoa foque nos músculos do abdome, na garganta e no peito, então pensar no dedão do pé, por exemplo, pode ser bastante efetivo.

11 – Manter uma respiração constante

Fonte da imagem: Giphy

Focar na respiração é uma ótima maneira de dar fim à paralisia. Aliás, nunca se esqueça de que controlar a respiração traz apenas benefícios, especialmente em situações de estresse, ansiedade e nervosismo. Há relatos de pessoas que “se esquecem” de respirar durante episódios de paralisia, então é fundamental respirar profundamente e exalar o ar com calma para que, aos poucos, os músculos voltem a se movimentar e o nervosismo vá diminuindo.

12 – Ter fé religiosa pode ser um ponto favorável

Fonte da imagem: Giphy

Se a pessoa que tiver paralisia acreditar em algum tipo de religião, rezar é também um bom caminho, afinal a oração é um tipo de meditação e tem o poder, para quem tem fé, de auxiliar tratamentos terapêuticos e de proporcionar relaxamento.

13 – Cof, cof

Fonte da imagem: Giphy

Tentar tossir é também uma maneira de ajudar a acordar o corpo.

14 – Fazer caretas pode ser efetivo

Fonte da imagem: Giphy

De acordo com Ryan Hurd, que tem a paralisia do sono frequentemente e escreveu a respeito para o Dream Studies, a melhor tática é movimentar o nariz, como quem está sentindo o cheiro de algo muito ruim. Para ele, movimentar os músculos da face algumas vezes seguidas é o que faz com que a paralisia pare instantaneamente.

15 – Saia da cama depois de a paralisia acabar

Fonte da imagem: Giphy

Depois de a paralisia passar, é importante sair da cama e se movimentar, acender as luzes do quarto e lavar o rosto.

***

Se você sofre de paralisia do sono, procurar ajuda médica pode ajudar, especialmente se houver algum fator estressante em sua vida, como transtorno de ansiedade e depressão. Essas doenças, quando tratadas, permitem que a pessoa consiga estudar, trabalhar e realizar suas tarefas cotidianas normalmente.

Além do mais, o tratamento pode diminuir a incidência de casos de paralisia do sono. Se possível, visite um neurologista e um psiquiatra, que são dois dos profissionais capazes de melhorar a saúde de uma pessoa em termos de sono.

*Publicado em 27/04/2016

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.