Próxima Parada: Belize – conheça esse paraíso banhado pelo Mar do Caribe
251
Compartilhamentos

Próxima Parada: Belize – conheça esse paraíso banhado pelo Mar do Caribe

Último Vídeo

Aqui em nossa série de artigos do Próxima Parada, você já teve a oportunidade de viajar por alguns dos belos países da América Central, como o Panamá, a Guatemala, Honduras e Costa Rica.

Agora, você poderá conhecer um pouco de mais um deles: Belize, um país (citado em algumas fontes como estado soberano) que também teve a influência maia em sua história e tem muito a oferecer aos visitantes.

Rico em paisagens sensacionais, Belize faz fronteira ao norte com o México, ao sul e ao oeste com a Guatemala e ao leste com o belo Mar do Caribe. A área total de Belize é de 22.965 km², uma dimensão aproximada a do estado de Alagoas. Devido à colonização britânica que foi iniciada na metade do século 17, atualmente a língua oficial é o inglês, mas o espanhol e a língua crioula também são falados por lá.

Em se tratando da população, Belize possui cerca de 333 mil habitantes, de acordo com a última estimativa feita em 2010. O país, aliás, é considerado como o que tem a menor densidade populacional na América Central, tendo uma média de quinze pessoas por quilômetro quadrado. A capital do país é Belmopan, mas a cidade de Belize é a mais populosa, tendo cerca de 61,5 mil habitantes.

Um pouco de história

Assim como os seus países vizinhos, Belize também tem a herança maia como principal influência em sua história antiga. O país é repleto de sítios arqueológicos importantes da colonização maia, que aconteceu durante o período de 1.500 antes de Cristo, segundo os registros.

Entre os sítios maias principais estão o de Caracol, Lamanai e Lubaantun, que recebem visitantes do mundo inteiro. Degraus enormes levam aos templos imponentes de pedra, que podem ainda proporcionar vistas incríveis da selva que os cercam.

Os turistas ainda podem explorar tumbas escavadas e conferir os hieróglifos gravados nas pedras, visitando ainda cavernas naturais onde os reis maias realizavam rituais e sacrifícios aos deuses de seu submundo.

Casa do Governo na Cidade de Belize

Muitos séculos depois do início da colonização maia, veio o primeiro contato do povo de Belize com os europeus, que ocorreu por volta de 1502, quando Cristóvão Colombo chegou a costa da região. Mas foi apenas em 1638 que o primeiro assentamento europeu foi estabelecido pela Inglaterra — colonização que se estendeu ainda por mais 150 anos.

No ano de 1840, Belize foi batizada como a Honduras Britânica, tornando-se uma colônia oficial da coroa da Inglaterra em 1862 e seguindo dessa forma até janeiro de 1964, quando um governo de sistema ministerial foi implantado. Porém, apenas em 1973 que o nome do país foi alterado de Honduras Britânica para Belize e, em 1981, ele conquistou a sua independência total.

Natureza exuberante

Devido às suas áreas densamente florestadas, Belize carrega mais um título de orgulho entre os países da América Central: o daqueles que possuem uma biodiversidade e ecossistemas intensos com grandes reservas da vida selvagem, incrível variedade na fauna e flora, além de o maior sistema de cavernas entre os países vizinhos.

Isso também se reflete nas espécies presentes na área costeira. Com toda essa exuberância na natureza, Belize recebe muitos visitantes que buscam se maravilhar e registrar as mais sensacionais paisagens e espécies do lugar. Além disso, outros fatores que atraem bastante os visitantes são os esportes aquáticos, que são feitos nos mares cristalinos de Belize.

Litoral paradisíaco

Com quase 390 quilômetros de costa e ilhas incontáveis, Belize é um dos destinos mais perfeitos da América Central para quem quer desfrutar de praias paradisíacas, tanto para quem quer as mais badaladas quanto para quem deseja paz e tranquilidade.

Areia fina e branquinha abençoada pelo mar transparente do Caribe faz parte das praias de toda a costa belíssima do país. Para pegar um bronze, praticar esportes, mergulhar ou se aventurar nas mais variadas atividades aquáticas, o litoral de Belize é o lugar certo.

Além da costa, as suas ilhas e recifes de corais são incríveis. O mais famoso é o Buraco Azul, uma maravilha natural incomparável, onde é possível se visitar e praticar mergulho. O lugar tem uma parte central de azul profundo, cercado por uma borda mais clara devido aos recifes de corais mais rasos. Com certeza é um lugar inesquecível para os turistas e se tornou um dos símbolos do país.

Gastronomia

A culinária de Belize é um grande caldeirão de influências, desde a herança maia até a mescla com a colonização britânica, tendo ainda muita similaridade com os gostos dos seus países vizinhos. O café da manhã, por exemplo, é bem reforçado, sendo composto geralmente por pão crioulo, tortilla de milho, queijo, feijão frito, ovos, bacon, cereais, leite e café.

No almoço, o nosso conhecido arroz com feijão está presente, além de tamales, panades (que são conchas de milho frito com feijão ou peixe), empanadas de carne, sopa de cebola, chimole (uma sopa com frango) e os garnaches (tortillas fritas com feijão, queijo e molho). Obviamente, na áre litorânea, os frutos do mar também fazem sucesso, principalmente entre os turistas.

Mais curiosidades

  • Perto de um milhão de turistas visitam Belize anualmente, 70% são norte-americanos;
  • As médias de temperatura da água do mar de Belize ficam entre 26 e 28 graus Celsius;
  • Aproximadamente mil ruínas maias estão espalhadas por toda Belize. A maioria é inexplorada e, infelizmente, algumas foram destruídas;
  • Devido a algumas tradições religiosas, muitos habitantes de Belize evitam nadar no mar ou em rios na sexta-feira com a crença de que isso pode trazer infelicidade.

* * *

Então leitor viajante, curtiu mais esse Próxima Parada? Conte para nós que outro país, que ainda não apareceu aqui, você gostaria de conhecer. Para conferir os destinos que já postamos, clique  nesse link e até a próxima!

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.