Como parar de tocar o rosto e se prevenir do coronavírus

Como parar de tocar o rosto e se prevenir do coronavírus

Último Vídeo

Nos últimos dias, ouvimos todo o tipo de informação sobre o coronavírus. A classificação do vírus como pandemia pela Organização Mundial da Saúde (OMS) elevou a preocupação da população em geral e fez com que circulassem mais informações sobre formas de prevenção. Uma das melhores maneiras de se prevenir é evitar tocar o rosto com frequência.

Esse é um dos maiores hábitos das pessoas. Para que você tenha uma ideia, uma pesquisa realizada por uma universidade norte-americana revelou que as pessoas podem tocar o rosto pelo menos 23 vezes em uma hora. Então, é preciso treinar o seu cérebro para abandonar esse hábito e aumentar a prevenção.

Como transformar o hábito

A forma mais fácil de reduzir o toque é identificar quais são os gatilhos que fazem com que você leve as mãos ao rosto. Eles podem ser situações de desconforto ou até mesmo a tendência de descansar o rosto ao conversar com alguém. Assim que você identificar esses gatilhos, você pode começar a transformar o hábito.

Em vez de descansar o rosto nas mãos, você pode encostar nas costas dos dedos. Por mais que ainda exista o contato, a membrana desse local não oferece tantos riscos de contágio como as pontas dos dedos e as palmas da mão.

Agora, se você tem o costume de coçar muito os olhos, tenha sempre um guardanapo ou lenço de papel por perto. Assim, você evita o contato de pele-com-pele e reduz os riscos de infecção pelos olhos.

Além de tudo isso, é preciso começar a se policiar com o toque no rosto. Por mais que seja difícil, tente identificar o movimento segundos antes de realmente levar as mãos no rosto e impedir o resultado. 

(Fonte: NY Times/Getty Images/Reprodução)(Fonte: NY Times/Getty Images/Reprodução)

Por que precisamos parar de tocar o rosto para se prevenir do coronavírus? 

O motivo é simples: o Covid-19 é um vírus transmitido pelo contato. Se uma pessoa infectada tosse nas mãos e, em seguida, toca em uma superfície, a próxima pessoa a encostar no lugar também deve ser infectada. Isso pode acontecer com botões de elevador, catracas de ônibus, portas de banheiro e diversos outros locais. Porém, com a propagação do Covid-19 ao redor do mundo, esse se tornou um hábito muito perigoso.

Além de evitar o toque no rosto, lembre-se também de lavar as mãos sempre que puder. Para conhecer o protocolo correto de higienização, consulte o site da OMS ou do Ministério da Saúde.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.