Seja o primeiro a compartilhar

6 coisas surpreendentes que o seu exame de sangue pode revelar

Se você já foi ao médico alguma vez na sua vida, é bem provável que em algum momento você teve que realizar um exame de sangue. Em diversos casos, você pode ser direcionado a realizar um hemograma completo, que consegue contar seus glóbulos vermelhos e brancos, medir seus níveis de hemoglobina e identificar algumas doenças.

Porém, a grande realidade é que existem simplesmente centenas de tipos de exames de sangue que um paciente pode fazer e cada um deles pode trazer revelações impressionantes. Pensando nisso, nós montamos uma lista com seis coisas surpreendentes que o seu exame de sangue pode apontar. Veja só!

1. Positivo pode ser negativo

(Fonte: Pixabay)(Fonte: Pixabay)

Obter um teste positivo no seu exame de sangue não necessariamente significa uma notícia positiva para a sua saúde. Muitos exames procuram por doenças utilizando marcadores moleculares na amostra de sangue, como o teste de HIV, o de anemia falciforme, o de hepatite C e por aí vai.

Logo, resultados considerados "positivos" são aquelas que identificaram o marcador da doença, dando sinal de que você é um portador de determinado distúrbio ou que teve contato com certa infecção no passado. Quem foi que decidiu chamar as coisas assim?

2. Existência dos falsos-negativos

(Fonte: Pixabay)(Fonte: Pixabay)

Se os exames positivos são notícias ruins, então resultados negativos são instantaneamente algo bom, né? Não é bem assim. Às vezes, um teste não detecta evidências de uma doença ou condição, mesmo que você realmente a tenha. Isso é caracterizado como um resultado falso-negativo.

Em casos de hepatite C, por exemplo, um resultado negativo após ter sido exposto ao vírus nos últimos meses pode significar que você ainda está tendo a infecção e não percebe. 

3. Encontrando DSTs

(Fonte: Wikimedia Commons)(Fonte: Wikimedia Commons)

A grande maioria das Doenças Sexualmente Transmissíveis (DSTs) podem ser detectadas em exames de sangue. Normalmente, esse resultado combina as respostas encontradas em testes de urina e amostras de secreção no nariz e na garganta para auxiliar na taxa de acerto no exame de sangue.

Porém, vale ressaltar que os exames de sangue nem sempre são precisos logo após a doença ser contraída, por isso é melhor esperar pelo menos um mês após o último parceiro sexual para obter os resultados mais certeiros.

4. Teste de gravidez

(Fonte: Pixabay)(Fonte: Pixabay)

Se você pensa que os testes de urina encontrados nas farmácias são a forma mais eficaz de descobrir a gravidez nas primeiras semanas, saiba que você está errado. Poucas pessoas sabem sobre isso, mas os exames de sangue são muito mais eficazes nesse sentido quando falamos de gravidezes.

É possível detectar o hormônio especial no sangue antes mesmo de você perceber que a menstruação está atrasada. 

5. Funcionamento da tireoide

(Fonte: Unsplash)(Fonte: Unsplash)

O exame de sangue pode ser bastante eficiente para checar o funcionamento da sua tireoide e ver como ela está reagindo a certos hormônios. Se sua família tem um histórico de câncer de tireoide ou algum outro tipo de doença na glândula, esse é um teste importante a se fazer para manter a saúde em dia.

Se você está sentindo uma mudança em seu humor geral, metabolismo e níveis de energia em geral, talvez seja interessante dar uma olhada.

6. Diagnosticando concussões

(Fonte: Pixabay)(Fonte: Pixabay)

A concussão é um tipo de lesão na cabeça que pode ser difícil de identificar por não possuir sinais óbvios o tempo todo. Porém, pesquisadores descobriram que as pessoas que sofrem concussões desenvolvem proteínas especiais no sangue, que podem ficar lá até uma semana depois de uma pancada na cabeça. 

Logo, é possível se consultar nesse sentido para identificar o problema se você tiver sofrido algum tipo de acidente na região.

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.