Seja o primeiro a compartilhar

Homem tem mais de 200 pedras no rim removidas na Índia

Uma equipe de médicos em Hyderabad, no sul da Índia, foi pega de surpresa ao ter que lidar com um caso extraordinário de cálculo renal. Na última semana, um morador da cidade vizinha de Nalgonda precisou passar por uma cirurgia para que os médicos pudessem realizar a remoção das 206 pedras que estavam presas em seus rins.

O homem, que tinha 56 anos, queixava-se de dores na lombar, do lado esquerdo, há mais de seis meses — o que acabou se agravando devido às altas temperaturas na época do verão indiano. A operação demorou cerca de uma hora para ser concluída, mas foi bem-sucedida e o paciente recebeu alta no seu segundo dia.

Dor e sofrimento

(Fonte: Shutterstock)(Fonte: Shutterstock)

Quando foi admitido no hospital, o homem em questão afirmou já estar sob certos medicamentos prescritos por um médico local. Inclusive, isso teria proporcionado um certo alívio a curto prazo, mas a dor continuava afetando sua rotina e diversas práticas cotidianas já não podiam mais ser feitas com a mesma eficiência.

Em entrevistas à imprensa indiana, o urologista responsável pelo procedimento, Poola Naveen Kumar, afirmou que as primeiras investigações e exames de ultrassonografia logo revelaram a presença de múltiplos cálculos renais no rim esquerdo do paciente. Posteriormente, uma tomografia computadorizada no Aware Gleneagles Global Hospital confirmou o quadro de saúde.

Em seguida, o paciente foi aconselhado e preparado para uma laparoscopia — um procedimento cirúrgico minimamente invasivo sob efeito de anestesia —, a qual durou uma hora e serviu para que todas as pedras fossem removidas com eficácia. Na visão da equipe médica, temperaturas extremamente altas no verão facilitam a desidratação de pacientes e, por consequência, resultam na formação de cálculos renais. Por isso, a hidratação se torna a maior aliada nesse tipo de cenário. 

Recordes de pedras no rim

Guinness World Records/Reprodução(Fonte: Guinness World Records/Reprodução)

Embora o caso registrado em Hyderabad chame atenção pela enorme quantidade de pedras no rim retiradas de um único paciente, o número constatado nessa ocasião não chega nem perto de recordes estabelecidos no passado. Em 2015, por exemplo, médicos precisaram de duas horas para remover 420 cálculos renais de um homem em Zhejiang, na China.

Naquela época, a equipe de atendimento disse que o paciente chamado He possuía uma dieta rica em soja e se hidratava pouco. Como esses alimentos possuem muito cálcio, a falta de ingestão suficiente de água fez com que o excesso desse mineral não pudesse ser excretado.

No entanto, o recorde absoluto registrado pelo Guinness World Records pertence a outro paciente indiano: Dhanraj Wadile. Em dezembro de 2009, o doutor Ashish Rawandale, do Instituto de Urologia de Dhule, retirou 172 mil cálculos renais do rim esquerdo de Wadile.

O paciente, que possuía 45 anos na época, sofreu de dores abdominais por meses até decidir buscar ajuda. Foi necessário cerca de quatro horas para que a cirurgia fosse completada. As pedras eram feitas principalmente de fosfato de cálcio e mediam entre 1 milímetro e 2,5 centímetros de tamanho.

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.