Seja o primeiro a compartilhar

O que o excesso de exercícios faz com o seu corpo?

O sedentarismo, ou a prática de pouquíssimo exercício, é algo que realmente faz mal para a saúde de uma pessoa. Afinal, indivíduos ativos conseguem notar uma melhora significativa tanto no bem-estar físico quanto na saúde mental. Tudo isso sem contar que um bom condicionamento físico de proporciona uma vida muito menos sofrida.

Entretanto, o que muitas pessoas não sabem é que muito exercício também pode ser maléfico para o seu corpo. Mas como determinar qual momento você ultrapassou os limites do seu corpo e precisa descansar um pouco? Conheça mais sobre o ponto ideal de uma rotina de treinamento nos parágrafos abaixo!

Saindo do sedentarismo

(Fonte: Shutterstock)(Fonte: Shutterstock)

De acordo com as recomendações feitas pelo Departamento de Saúde e Serviços Humanos dos Estados Unidos (HHS), a quantidade de exercício necessária para a saúde geral depende de pessoa para pessoa, porém existem alguns padrões que podem e devem ser seguidos.

Em geral, adultos de 18 a 64 anos precisam de pelo menos 150 minutos de atividade aeróbica moderada por semana ou pelo menos 75 minutos de atividade aeróbica vigorosa entre os sete dias da semana. Os especialistas também recomendam que uma pessoa realize exercícios para melhorar seu equilíbrio e aumentar a força muscular duas ou mais vezes por semana. 

Para alguns, esses números podem parecer pouco — mas representam a quantidade mínima de exercícios para uma pessoa ser relativamente saudável. Por esse motivo, cria-se a mentalidade do "quanto mais, melhor", o que não é exatamente uma verdade. Pessoas que se exercitam demais da conta correm o risco de desenvolver a temida "síndrome de overtraining". 

Síndrome de overtraining

(Fonte: Shutterstock)(Fonte: Shutterstock)

O overtraining, ou simplesmente "excesso de exercício" no português, é o nome dado para quando um indivíduo está extrapolando a rotina de treinamentos. No fim das contas, exercitar-se ocasiona a quebra das fibras musculares, algo que normalmente é positivo pelo fato do seu corpo reconstruí-las e torná-las ainda mais fortes.

Porém, para que esse processo realmente aconteça e você construa massa muscular, é necessário um sono adequado, nutrição, descanso e recuperação. Pessoas que pulam essas etapas do processo não estão se ajudando e colocam seus corpos em risco diariamente — colocando a saúde física em um ponto de estresse drástico.

Medir em horas exatas quanto tempo de exercício é demais para o seu corpo é algo que envolve muitos fatores e varia muito de pessoa para pessoa. Mesmo assim, existem alguns sintomas comuns associados à condição que você pode observar diariamente. Os principais deles são:

  • Falta de progresso nos seus exercícios;
  • Queda da forma física semanalmente;
  • Por conta do estresse crônico, seu metabolismo está sendo alterado e você pode observar o ganho de peso;
  • Apesar da dor muscular ser normal após um treino, você continuará sentindo esse incômodo por vários dias;
  • Estresse e mau humor;
  • Qualidade de sono prejudicada;
  • Frequência cardíaca fora de controle.
Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.