(Fonte da imagem: Reprodução/Science Nordic )

Quando imaginamos os antigos Vikings — aquele povo bárbaro proveniente da Escandinávia —, sempre pensamos neles como selvagens destemidos que navegavam pelos mares, sempre sujos, cheios de cicatrizes, usando capacetes com chifres e com cara de poucos amigos.

Entretanto, a maior parte dessas crenças, apesar de muito arraigadas, não é real. Foi por isso que Irene Berg Sørensenum, do site Science Nordic, decidiu fazer uma pesquisa e esclarecer, de uma vez por todas, o que é verdade e o que é simples ficção. Confira algumas descobertas:

5 preconceitos

Irene descobriu que, entre esses fatos errôneos, existem cinco que mais se destacam: as crenças de que os Vikings eram sujinhos e maltrapilhos, usavam capacetes com chifres, eram altos e fortes, usavam vestimentas admiradas no mundo todo e, por fim, que esses povos traziam muitas cicatrizes de batalhas espalhadas pelo corpo.

Depois de conversar com vários especialistas, Irene descobriu alguns aspectos que acabam jogando por terra a maioria das ideias que todos nós temos sobre os Vikings.

Sujinhos?

(Fonte da imagem: Reprodução/Science Nordic )

Diversos objetos encontrados por arqueólogos — como pentes, tesouras e artefatos rudimentares para a limpeza de unhas, ouvidos e dentes — parecem desmentir que os Vikings não cuidassem da higiene pessoal. Além disso, de acordo com as ossadas encontradas, eles não eram tão altos nem tão grandes, e os homens, provavelmente, apresentavam feições bem delicadas, pois os especialistas costumam ter dificuldades em diferenciar homens de mulheres.

Capacete com chifres

(Fonte da imagem: Reprodução/Science Nordic)

Provavelmente o objeto mais emblemático relacionado a esses povos também é puro mito. Segundo as pesquisas, eles começaram a aparecer dessa forma apenas no século 19, quando uma ópera os retratou como vilões que usavam esses objetos na cabeça. Entretanto, um capacete com chifres não seria muito conveniente durante as batalhas, e documentos históricos os mostram utilizando modelos de ferro e armas refinadas, como espadas e lanças.

Além disso, os Vikings costumavam andar bem alinhados, com cabelos e barbas bem cuidados, assim como bem vestidos, preferindo roupas coloridas e luxuosas, feitas com tecidos que eles importavam do mundo todo.

Fonte: Science Nordic